Quanto vale o planeta Terra?

13/09/17 às 16h10

Não é novidade pra ninguém que o Planeta Terra é cheio de riquezas, estas, que são indispensáveis para a existência humana e mesmo assim, muita gente não dá o devido valor. Diariamente vemos pessoas jogando lixo na rua pelas janelas de seus lindos carros, ou deixando as torneiras mal fechadas, desperdiçando sabe-se lá quantos litros de água por dia. Pra piorar, ainda tem aqueles que insistem em colocar fogo no lixo, submetendo a vizinhança e o próprio planeta Terra a situações totalmente desagradáveis... Tem necessidade?

Bom, por mais que todo mundo saiba que nossos recursos naturais podem sim ser finitos, muitos continuam agindo de forma totalmente irresponsável, sem nem mesmo achar que está fazendo algum tipo de mal. A cada dia que se passa, o meio ambiente corre mais e mais riscos, e consequentemente, a existência humana fica ameaçada. Não sabemos até onde seremos capazes de suportar, já que tudo na vida tem um preço, e as vezes não é nada barato.

Mas pensando em tudo isso, será que você já parou pra pensar se nosso planeta teria um preço? E se tivesse, quanto ele custaria? Bom, o astrofísico Greg Laughlin, da Universidade da Califórnia, provavelmente se fez estas mesmas perguntas. A intenção dele era avaliar se os planetas e exoplanetas (que orbitam outra estrela que não seja o sol) poderiam ser avaliados em uma quantia em dinheiro, para definir o quão importantes poderiam ser para nós.

Avaliou algumas descobertas feitas pela sonda Kepler, que dá nome à Missão Kepler e tem como objetivo "explorar a estrutura e diversidade de sistemas planetários". Recentemente, esta missão foi capaz de descobrir diversos outros planetas e caso você queira saber mais, pode conferir nossa matéria NASA descobre 219 novos planetas e 10 podem ser iguais a Terra.

Laughlin desenvolveu uma fórmula que calcula a massa, soma da idade da estrela que ilumina o planeta, sua temperatura, tamanho, entre outras características, e é capaz de gerar um valor que poderia ser estipulado como seu preço final. Ele diz que planetas pequenos, mal iluminados e com altas temperaturas não valem quase nada, um belo exemplo seria Vênus, que valeria muito menos que um centavo, já que "sua temperatura ambiente derreteria até chumbo".

Ainda de acordo com o astrofísico, apenas os planetas que superassem o valor de 100 milhões de dólares mereceriam verdadeira atenção. Mas então, qual seria o valor da Terra? De acordo com o cálculo que foi feito no ano de 2011, custaria cerca de 5 quatrilhões de dólares...

Exatamente! É o resultado de aproximadamente 100 vezes o produto interno bruto (PIB) global, e seria o valor de toda a história existente em nosso planeta, que certamente, não poderia ser pago nem pelo homem mais rico do planeta. Os planetas e estrelas que orbitam mais próximos de nós são mais valiosos, por serem mais brilhantes.

Laughlin ainda diz que o valor encontrado por sua fórmula é capaz de nos mostrar o quanto nosso planeta é valioso, e espera que isso acabe ajudando, de alguma forma, a conscientizar o mundo e fazer com que as pessoas tenham mais zelo e cuidado com tudo o que temos.

E então pessoal, o que acharam? Já tinham parado pra pensar nisso? Diz pra gente aí nos comentários!

Via   Daily Mail     Giz Modo     Diário do Verde  
Imagens Pexels
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.