Por que cachorros pequenos vivem mais do que grandes?

05/09/17 às 15h22

Quando se trata de nossos bichos de estimação, a vontade que temos é que vivam pra sempre, não é mesmo? Ou pelo menos, que estejam ao nosso lado até o fim de nossas vidas. É normal que desenvolvamos um apego gigante e que sejam tratados por nós como se fossem realmente um membro da família, até porque, é exatamente isso que são. Sempre é muito difícil lidar com a perda quando eles resolvem partir, mas existe uma dúvida que paira sobre a cabeça de muita gente por aí: Por que os cachorros menores tendem a viver mais que os grandes?

Bom, a questão do tempo de vida e tamanho corporal de um animal sempre foi um fator fascinante para a biologia, e por incrível que pareça, entre os mamíferos é normal que aqueles de grande porte vivam bem mais que os de pequeno porte, um bom exemplo seria comparar a vida de um elefante com a de um rato: obviamente, os elefantes vivem bem mais.

A teoria que envolve este fator diz que quanto maior o animal, mais lento é seu metabolismo, fazendo com que acumule uma quantidade menor de radicais livres (moléculas liberados por este processo, que podem provocar doenças degenerativas de envelhecimento e até mesmo morte celular) que danificam o tecido e o DNA, o que permite que vivam por mais tempo. Bom, por mais que pareça fazer sentido mesmo, é algo que não pode ser aplicado a 100% dos animais, fazendo com que a teoria não seja muito bem aceita pela comunidade científica.

Ao observar algumas outras espécies, foi possível constatar que o tamanho do corpo e seu tempo de vida estão correlacionados de forma inversa, ou seja, seria praticamente o inverso do que diz a teoria acima mencionada. Seria exatamente este o caso dos cães e até mesmo de alguns camundongos, e ainda existem aqueles que acreditam ser também o que acontece com os humanos.

Mas por que seria diferente? Bom, a explicação utilizada é que os cães maiores crescem muito mais rápido que os menores e isso pode estar diretamente relacionado com mais altas taxas de câncer. Não é muito fácil nem mesmo para os pesquisadores compreenderem porque crescer de forma mais rápida pode levar ao rápido envelhecimento, mas tudo indica que a senescência (o processo natural de envelhecer) faz com que os cães de maior porte tenham uma vida mais curta.

Estudos analisaram como o fenômeno ocorria entre 32 diferentes raças de cães, variando entre grande e pequeno porte. Foi possível observar que cães pesando em média 40 ou 50 quilos poderiam viver cerca de 12 ou 13 anos, enquanto outros cães com o mesmo tamanho corporal, mas peso diferente, poderiam ter uma expectativa de vida de apenas 8 ou 9 anos. É provável que isso se deva ao fato de que os cães são um caso bem especial. Eles foram "criados artificialmente" por nós, humanos, apenas com a intenção de selecionar a aparência ou o comportamento, sem ter a preocupação necessária com a saúde desses animais, visto que sempre foi necessário ter uma consanguinidade para conseguir obter cães de "raça pura".

Para que entenda melhor podemos citar os boxers como exemplo. São cães grandes, mas suas taxas de câncer são mais altas, o que pode resultar em um tempo de vida bem mais curto. Raças maiores vivem em média 9 anos, o que indica que existe algum tipo de peculiaridade os levando a uma genética ruim, e consequentemente, saúde ruim.

Há algum tempo atrás um grande estudo foi feito analisando a mortalidade de cães de 74 raças, levando em consideração milhares deles. Três hipóteses foram levantadas para responder quais seriam os motivos que levariam um cão maior a morrer mais cedo que um menor: (1)  O envelhecimento precoce; (2) Um risco de mortalidade mais alto; (3) Um aumento ocorrido na taxa de envelhecimento. O que puderam concluir foi que o envelhecimento começa na mesma época para os cães, independente de seu porte físico, porém ele avança de forma muito mais rápida em cães maiores, mas o que de fato provoca essa aceleração ainda é algo desconhecido pelos cientistas.

E então pessoal, o que acharam? Já sabiam que isso acontecia? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários.

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.