O navio fantasma que sua tripulação inteira foi encontrada morta de um jeito perturbador

17/03/16 às 17h53

De acordo com relatos encontrados em relatórios de junho de 1947 a fevereiro de 1948, o navio SS Ourang Medan (um cargueiro holandês) navegava pelas rotas comerciais do estreito de Malaca, na Indonésia. Assim como outros 2 navios americanos que estavam nas redondezas. Até que uma assustadora série de sinais criptografados de S.O.S foram emitidos dele e chegaram aos navios que por ali passavam.

Ainda segundo o relatório, e a publicação do jornal "Locomotief" de 03 de fevereiro de 1948. A primeira mensagem captada pela torre de rádio e que foi traduzida dizia: " Pedimos o auxílio de qualquer embarcação próxima. Todos os oficiais inclusive o capitão estão mortos, caídos na sala de mapas e na ponte. Provavelmente toda a tripulação está morta".

Após essa perturbadora mensagem, uma série seguinte de traços confusos também foi captada, e por último e não menos assustadora a frase: "vou ... morrer" foi enviada em código Morse.

destacada

O navio norte-americano chamado Estrela de Prata (Silver Star), era o que se encontrava mais próximo do local, e não excitou em mudar a sua rota para se dirigir até o navio em questão. Algumas horas depois, ao se deparar com o Medan, que de fato navegava aleatoriamente sobre as água daquela região, a tripulação do Estrela de Prata tentou realizar um contato com a outra tripulação, para isso utilizaram apitos e sinalização, mas não obtiveram nenhum sinal de resposta ou de vida.

Foi neste momento, por perceber que o caso realmente era urgente, que o capitão americano decidiu entrar no navio juntamente com a sua tripulação, mas eles não imaginavam o que ainda estava por vir.

Nenhum sinal de vida foi encontrado no convés do navio muito pelo contrário, assim que a tripulação adentrou no local eles perceberam que o S.O.S realmente não era um exagero.

O deck do navio cargueiro estava repleto de cadáveres, literalmente todos que estavam a bordo do navio estavam mortos, inclusive um cachorro da raça pastor alemão que era tido como o mascote da embarcação.

02

Mas a bizarrice não parava por aí, pois todos os corpos se encontravam num estado nada convencional, eles possuíam os olhos arregalados, os braços estavam esticados como se tentassem agarrar qualquer coisa que estivesse por perto e os seus rostos revelavam uma expressão agonizante de dor.

O oficial de comunicação do SS Ourang Medan ainda estava em seu posto, com os dedos sobre o telegrafo, mas nas mesmas condições que as demais vítimas. Outra coisa anormal que caracterizava o ambiente, era a fria temperatura do porão.

Ao notar tão situação, a tripulação do estrela de Prata, decidiu rebocar o navio de volta para o porto, para que a cena pudesse ser avaliada pela polícia e peritos da época. Porém no mesmo momento em que eles amararam a linha de reboque ao seu navio, eles notaram uma grande onda de fumaça que saia das plataformas baixas, em específico da de número 4.

03

O grupo de socorro mal teve tempo de serrar a estrutura montada e o Medan se consumiu em uma grande explosão que causou o seu naufrágio.

Anos depois alguma teorias foram levantas para explicar todo o ocorrido, algumas pessoas por exemplo, acreditam que a situação foi causada por algum fator sobrenatural, mas a explicação mais aceita pela marinha e a sociedade cientifica alega que o cargueiro holandês estava envolvido em um caso de contrabando e por isso carregava ilegalmente algumas substancias químicas como a combinação de cianeto de potássio e nitroglicerina.

Por isso ao entrar em contato com a água do mar, as substancias teriam provocado uma reação, que a primeiro momento teria gerado gases tóxicos (que mataram todos a bordo) e que em sequencia teria também gerado a explosão. Conheça também quais são os 9 navios fantasmas mais famosos da historia.

Mas e então queridos leitores do Ultra, em qual teoria vocês acreditam? Comentem pra gente aqui em baixo.

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.