O buraco na camada de ozônio já tem data para acabar

08/11/18 às 19h01

A camada de ozônio é uma fina camada de gás que protege a Terra dos raios ultravioletas, porém, há muitos anos, ela vem sendo destruída pelo próprio ser humano devido a poluição. Na década de 1980, houve um tratado internacional, o Protocolo de Montreal, que buscava proteger a camada de ozônio da destruição. Cerca de 30 anos depois, e contra todas as expectativas, os efeitos positivos podem estar finalmente aparecendo. Substâncias que acabam com a camada de ozônio vêm diminuindo com o passar dos anos, colocando data de validade no buraco da camada de ozônio.

Buraco na camada de ozônio

Um relatório das Organização das Nações Unidas (ONU) publicado na última segunda-feira (5), afirma que a camada de ozônio está, finalmente, se recuperando dos danos causados por sprays aerossóis e refrigeradores. Paul Newman, um dos autores do estudo e geocientista chefe no Goddard Space Flight Center, da Nasa, afirmou que "se as emissões de substâncias nocivas à camada de ozônio tivessem continuado a crescer, estaríamos sentindo efeitos enormes. Nós conseguimos parar isso". Essa é a uma grande vitória.

Em 1987, cerca de 200 países assinaram o Protocolo de Montreal na busca de diminuir os efeitos nocivos na camada de ozônio. Na década de 80, os principais agentes prejudiciais eram produtos químicos do tipo clorofluorcarbono (CFC), que já foram amplamente utilizados na fabricação de ar condicionado, gás de geladeira, aerossóis, espumas plásticas e solvente. Eles são responsáveis pela destruição da camada.

E agora?

Segundo o estudo da ONU, se continuarmos a respeitar o protocolo e fizermos tudo direito, a parte da camada que cobre o hemisfério norte deve se regenerar completamente na década de 2030, enquanto o buraco do hemisfério sul, que cobre a Antártida, deve desaparecer por volta dos anos 2060. Mas existem cientistas que ainda se mantêm céticos. Brian Toon, da Universidade do Colorado (EUA), afirma que esse resultado positivo é só o começo. Além disso, o aquecimento global vem se intensificando cada vez mais.

E aí, o que achou dessa matéria? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que está sempre preocupado e fazendo sua parte para ajudar o planeta, aquele abraço.

VER COMENTÁRIOS
Via   SA  
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
COMPARTILHAR INSCREVA-SE
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.