Modelo com síndrome de down faz sucesso na internet por sua beleza

13/09/18 às 19h17

O mundo da moda é bastante exigente, mas por sorte está ficando cada vez mais acessível. Algumas histórias de modelos fora dos padrões de beleza adentrando no meio, são capazes de nos emocionar. Recentemente saiu a história de uma modelo com síndrome de down que ganhou a atenção do mundo na passarela da New York Fashion Week. Marian Avila tem 21 anos e é espanhola. Ela tornou-se rapidamente uma celebridade após subir no palco no salão de festas de Manhattan, no último sábado (8).

Avila disse à coletiva que se sentiu em casa quando pisou na passarela, após ser descoberta pelo designer de Atlanta, Talisha White. Ela disse que ele a encontrou nas redes sociais. Após um contato, ela conseguiu o emprego para liderar sua nova campanha e representá-lo na passarela. "Eu me senti muito feliz e eu realmente amei a passarela", disse ela após o desfile no dia do evento. "Eu queria mostrar ao mundo que não existem barreiras", completou Marian.

O designer responsável pela carreira de Avila disse que sua missão é quebrar barreiras para as mulheres. Ele contou ainda que ficou sabendo pelas redes sociais sobre o sonho de Avila, que era desfilar na semana da moda. O profissional da moda disse: "Ela tem sido uma super modelo, se ocupando e encontrando com todos os tipos de pessoas. Estou muito feliz por ela. Ela está se encontrando com a Vogue. Ela está se encontrando com o Harpers Bazaar. Ela tem se encontrado em diferentes showroons, diferentes agências de modelos".

A família de Avila acreditou em seu sonho e viajou de Benidorm para vê-la desfilando em um dos eventos mais importantes do mundo da moda. Ela foi acompanhada na passarela por Tae McKenzie, da Carolina do Norte. Esta usa uma cadeira de rodas para desfilar. O designer foi elogiado por todo mundo e declarou: "Eu queria mostrar que não apenas um tipo de garota é lindo. Eu gosto de mostrar todos os tipos de meninas, desde as tradicionais até em cadeiras de rodas. Modelos com síndrome de down também e todas que as pessoas dizem que não podem ser modelos. Elas são minhas garotas", finalizou.

E aí, o que você achou disso? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Via   Standard  
Diogo Quiareli
Geminiano, 24 anos, goiano.
COMPARTILHAR INSCREVA-SE
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento tem o único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.