Entenda o que aconteceu com essa tartaruga que está intrigando a internet

06/12/18 às 15h15

A internet está cheia de vídeos, músicas e imagens virais. A maioria deles não são verdadeiras, sendo que muito do que se encontra ali, não passa de montagens bem feitas para chamar a atenção.  Nos últimos dias, surgiu um viral sobre uma tartaruga que pegou todo mundo de surpresa e despertou a curiosidade: é real ou falso?

A foto mostra uma tartaruga que carrega em seu casco um grande bloco de terra, com grama e folhas. É literalmente uma grossa camada de terra com vegetação.

A tartaruga com casco de terra

Se você ainda não sabe, a foto é real. Ela foi tirada por Timothy Roth, professor de Psicologia da Franklin & Marshall College, dos EUA. Em relato ao site Live Science, o professor explica que esse animal já vinha causando vários questionamentos.

Aaron R. Krochmal, professor de Biologia na Faculdade de Washington, e um dos pesquisadores que iniciaram o projeto Task Force Turtle, explicou que a tartaruga tinha acabado de chegar à superfície depois de passar mais de duas semanas submersa no chão lamacento de um lago.

As características da tartaruga

A tartaruga pesa cerca de 6 quilos e a terra que carrega em sua concha, nas costas, mede 25 centímetros de espessura e pesa por volta de 8 quilos. Mas esse enorme peso não a impediu de caminhar para o seu lugar de hibernação sem sinais óbvios de esforço extra, segundo os cientistas.

Todos os anos, essa espécie de tartaruga vai hibernar durante um tempo em poças de lama. "O que achamos ótimo é que esses animais sempre usam o mesmo buraco na lama e voltam todos os anos exatamente ao mesmo lugar , e quando digo exatamente o mesmo lugar, quero dizer o centímetro", disse Krochmal.

E aí, gente? O que acharam? Comenta aqui pra nós e compartilha nas suas redes sociais. Para você que está pirando nessa tartaruga, aquele abraço.

VER COMENTÁRIOS
Via   RT  
Imagens PB
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
COMPARTILHAR INSCREVA-SE
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.