Como o desfecho da Batalha de Waterloo teve relação com as hemorroidas de Napoleão Bonaparte?

13/09/17 às 16h00

Nossa história mundial é marcada por inúmeros acontecimentos que deixaram rastros de vitórias e derrotas. Desde que o mundo é mundo, sempre existiram conflitos e na pior das hipóteses, guerras sangrentas que deixavam milhares de famílias órfãs. Até hoje muita gente sofre com situações parecidas.

Será que você se lembra do que acontecia no dia 18 de junho de 1815? Bom, foi exatamente nesse dia que Napoleão Bonaparte foi derrotado na Batalha de Waterloo, ou melhor, seu exército foi massacrado. Para quem também não se recorda muito bem do que foi a batalha e dos motivos para que ela tenha acontecido, vamos te dar uma ajudinha.

Para começar, é importante dizer que, por mais que o nome deixe bem claro onde ocorreu toda a guerra, não foi exatamente assim, visto que não aconteceu de fato em Waterloo (atual território da Bélgica) e sim a alguns quilômetros ao sul. É um erro na história, mas que todos já aprenderam a conviver muito bem.

Tudo aconteceu quando os holandeses, alemães, britânicos e belgas, tentavam arduamente, com a ajuda de nações menores, redesenhar o mapa europeu, que havia sofrido grandes modificações desde que tiveram início as Guerras Napoleônicas. Isso porque estavam convictos da ideia de que Napoleão estava de mãos atadas, já que havia sido exilado na Ilha de Elba. E foi exatamente aí que foram pegos de surpresa com a informação de que o imperador havia conseguido escapar do exílio e tinha sido recebido com louvor em Paris.

Napoleão começou então se preparar para uma nova batalha. Reuniu seu exército, que tinha cerca de 70 mil homens, para enfrentar o exército dos aliados, liderados por Duque Wellington, que tinha aproximadamente 68 mil soldados, que mais tarde, foi reforçado com 45 mil homens do exército prussiano.

O confronto finalmente eclodiu, e aconteceu exatamente o que Napoleão não esperava: sua derrota! As tropas de Duque Wellington dizimaram o exército do imperador, mas no geral, as perdas foram imensas para ambos os lados já que perderam diversos soldados. Porém, sem dúvidas Napoleão levou a pior e foi forçado a desistir de lutar para dominar a Europa, bem como a desistir de seu trono.

Existem muitas hipóteses que foram levantadas por historiadores, mostrando os motivos pela qual ele pode ter perdido a guerra, sendo que uma das mais curiosas aponta as hemorroidas de Napoleão como um dos principais motivos... Sim, exatamente isso!

Hemorroidas são veias localizadas na parte inferior do reto ou do ânus, que inflamam e incham, causando intensa dor. Existem suspeitas de que, na manhã do dia em que aconteceria a Batalha de Waterloo, Napoleão estivesse sofrendo com um confronto muito maior dentro de si mesmo. Por culpa disso, ele não teria nem mesmo conseguido montar em seu cavalo para inspecionar o campo de batalha, como fazia de costume.

Aparentemente, ele não havia conseguido dormir direito durante a noite, e mal conseguia se mover no dia seguinte. Acabou atrasando o ataque, o que consequentemente levou a grandes erros de estratégia. Exausto, já não conseguia pensar na melhor forma de reagir, e o desfecho da história já sabemos.

Muitos historiadores afirmam que este foi o único motivo de sua derrota, porém, outros dizem que esta é apenas um história inventada por seus fiéis seguidores, que não aceitavam a perda da batalha e precisavam criar uma desculpa para o acontecimento.

E então pessoal, de qual lado estão? Acreditam que esse foi mesmo um dos motivos para a derrota de Napoleão? Diz aí pra gente nos comentários!

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.