As pessoas ouviram um choro estranho e quando chegaram no local não acreditaram no que viram

23/08/17 às 16h32

Se você já assistiu o filme Free Willy ou A Baleia Assassina, você já deve estar familiarizado com as orcasas Baleias Orca podem alcançar até 10 metros de comprimento, pesando até 9 toneladas. Os machos são maiores em comprimento e peso do que as fêmeas, de acordo com o dimorfismo sexual da espécie, que também é refletido pelo formato da nadadeira dorsal: triangular nos machos e curvada nas fêmeas e imaturos.

Nas costas de Hatley, norte de Brirish Columbia, no Canadá, uma orca bebê que aparentemente estava caçando ficou em apuros. Ela ficou presa nas rochas afiadas ao se aproximar demais da costa. Pouco a pouco, a maré foi se abaixando, até fazer com que não tivesse água suficiente para ela conseguir sair dali e acabou ficando presa. Se nada fosse feito a tempo ela poderia morrer por desidratação.

Desesperada, o animal começou a "chorar", pedindo ajuda, o que atraiu atenção das pessoas que viviam ali por perto, o que acabou dando certo e algumas pessoas logo foram ao resgate do animal. Conforme o tempo se passou eles notaram que o sol estava cada vez mais forte e que podia machucar o animal, eles utilizaram de mantas as colocando por cima dela e a encharcando com água do mar para mantê-la hidratada.

"No início, ela estava alterada e era possível ver que sua respiração estava acelerada. Porém, depois de um tempo, ela sabia que iríamos ajudá-la", comenta George Fisher, um dos que ajudou no resgate da baleia.

"Nós decidimos que a melhor coisa a fazer seria mantê-la calma e usamos cobertores e lençóis para deixá-la molhada", disse o co-fundador da Cetacean Lab, Hermann Meuter.

E ai, o que acharam da matéria? Comenta ai e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante para nós.

Via   ExtraGlobo  
Gustavo Camargo
Gustavo Camargo, 18 anos, Goiano, Publicitário, Homão da Porra. Fascinado por League of Legends, Hearthstone, Lúcifer (série) e Literatura.
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.