Arlequina está prestes a se tornar uma deusa nos quadrinhos da DC

10/01/19 às 16h33

Desde sua criação, Arlequina teve um desenvolvimento de personagem muito grande. Podemos dizer que sua maior conquista foi se livrar do relacionamento tóxico que mantinha com Coringa. Arlequina se tornou cada vez mais popular com os anos e subiu de status. Com o tempo, ela passou de vilã para anti-heroína. Fez parte das Sereias de Gotham ao lado de Mulher Gato e Hera Venenosa, sua parceira no crime e no amor. Então, em 2016, a DC Comics decidiu que já era hora de a personagem ter sua própria série nos quadrinhos. E assim a fez!

Arlequina está na aventura solo desde então e não tem decepcionado. O título recebeu reviews bastante positivos e, entre altos e baixos, tem conseguido manter a média de satisfação dos leitores. Em meio a sua jornada, até o momento, a Dr. Quinzel foi sequestrada pelas Fúrias e cultuada como salvadora e já até colocou o universo da DC Comics em risco real. O que tudo indica é que agora a editora está preparando o caminho para a transformá-la numa deusa.

Jornada pela identidade

Arlequina foi dependente do Coringa por muitos anos, portanto, quando ela enfim se emancipou, não soube exatamente o que fazer. Livre para poder ir, vir e agir por conta própria, ela se perdeu na imensidão do planeta (e além dele). Além de tudo, ela ainda não compreendia o que exatamente era. Vilã? Heroína? Sendo assim, ela partiu de Coney Island em busca de sua identidade. Junto a ela, Arlequina também precisava encontrar um propósito e seu lugar no mundo. A viagem foi uma ótima atividade e ela voltou bem melhor, um pouco mais decidida sobre seu si mesma e sua família. Mas nem tudo foram flores.

Arlequina foi acusada de assassinato e, a partir de então, o Batman não saiu de sua cola. Para piorar a situação, em Harley Quinn #55, ela descobriu que sua mãe estava com câncer. Ela tem as mais variadas ideias para tentar ajudar a mãe, ao passo que esta diz não querer ir a lugar algum. Ambas têm uma conversa bem emocional e carinhosa. Arlequina compreende que não há nada que possa fazer. Até que um certo milagre acontece.

Oferta irrecusável

Em Harley Quinn #57, a personagem recebe uma visita um tanto inusitada. No telhado de casa, ela vê uma luz no céu e, de repente, aparece um ser à sua frente, alguém que se parece muito com ela. A pessoa se identifica como "Mirandr do planeta Tamaran, Arauto das Provações". Então, ela oferece a Arlequina a chance de se tornar uma deusa cósmica, o Anjo Galáctico da Retribuição. Isso, caso ela consiga passar por uma série de seis testes.

Mirandr ainda é um mistério. Ela é descrita como "o fantasma de uma jovem Tamaranean obcecada pela Terra". Pelo jeito, ela também tem relação com os Lordes da Ordem e do Caos. Lembrando que Tamaran é o planeta natal de Estelar, dos Jovens Titãs. Caso complete os testes, Arlequina se tornará uma semi-deusa, na verdade. Saberemos a resposta nos próximos volumes. Fique ligado para mais informações em breve!

VER COMENTÁRIOS
Via   SR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
COMPARTILHAR INSCREVA-SE
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.