7 melhores e mais recentes 'gafes' da tv brasileira

19/04/17 às 15h26

Quem nunca cometeu alguma gafe ou "pagou mico" que atire a primeira pedra. Os apresentadores e diretores de novela que o diga. Eles provaram que são gente como a gente e também erram. Além disso, como nós, não conseguem controlar tudo.

De apresentador que erra uma conta de matemática aparentemente simples ao vivo à novelas que acabam deixando escapar em suas cenas objetos "intrusos". Confira abaixo a lista das 7 mais recentes gafes da TV brasileira.

1 - Otaviano Costa confunde Paulo Goulart com Paulo Gracindo

Resultado de imagem para otaviano costa e thiago lacerda

Durante a apresentação do programa Vídeo Show, o apresentador falava sobre a minissérie "O tempo e o vento" em que Goulart atuou, mas acabou trocando a identidade do artista e citou Paulo Gracindo, ao invés de Paulo Goulart. "Paulo Gracindo, querido Paulo Gracindo, grande Paulão", disse Otaviano, mas logo em seguida foi corrigido por Thiago Lacerda, que recebia homenagem no programa. "É Paulo Goulart! Meu amigo querido. Paulão. Se não me engano foi o último trabalho do Paulo", contou.

2 - Extintor de incêndio na novela "Os dez mandamentos"

A novela que estava sendo exibida pela Record cometeu um dos micos do ano após deixar ir ao ar uma cena em que aparecia um extintor de incêndio. Na Internet, o assunto chegou a ser um dos mais comentados, já que o objeto ainda não existia durante a época em que a novela estava sendo representada.

3 - Volta da banda Roupa Nova, Faustão?

Até mesmo um dos mais antigos apresentadores do Brasil, Faustão, mostrou que está propenso a cometer gafes. Durante a apresentação do último programa, 17, o apresentador anunciou a volta da banda Roupa Nova, mas o problema é que o grupo nunca deixou de cantar e a informação chegou a ser rebatida pelos músicos no palco do programa.

4 - Celular na novela Novo Tempo

A atriz Isabelle Drummond foi pega usando celular na Novela Novo Tempo, da Rede Globo. O fato não seria estranho se a novela não estivesse retratando um período antigo, onde até então celulares não existiam.

5 - Mundo Novo ou Novo Tempo?

E por falar na novela Novo Tempo, a apresentadora Ana Maria Braga, considerada a rainha das gafes, apresentou um programa onde falava sobre o início da novela, mas errou na pronúncia do nome, e, ao invés de falar Novo Tempo, falou Mundo Novo. A Internet, é claro, não deixou barato. Ela acabou se tornando motivo de chacota.

6 - Fátima Bernardes e a final do Big Brother Brasil

Na semana passada, durante a final do BBB 17, a apresentadora Fátima Bernardes também acabou cometendo uma gafe durante o programa Encontro com Fátima Bernardes. Isso porque quando perguntada pela atriz Camila Pitanga se era a primeira final do programa com apenas mulheres como finalistas, a jornalista afirmou que sim, porém, na Internet, internautas fizeram o favor de corrigi-la, informando que em outras edições o fato já tinha acontecido.

7 - Roger e a sua conta de matemática

O ex-jogador e agora apresentador, Roger Flores, provou que pode ser bom de futebol, mas na matemática deixa a desejar. Isso porque durante a transmissão do último jogo entre Chapecoense X Atlético Tubarão o narrador da partida pediu para ele fazer uma simples conta onde analisava a média de gols chapecoense, mas o resultado não foi muito bom.

"Em Santa Catarina, em cinco jogos, foram 25 gols, Roger. Faça as contas para determinar essa média de gols altíssima aqui em Santa Catarina. Um abraço, bom programa", disse o narrador. E Roger respondeu da seguinte forma: "Três gols, três gols por partida, né? 25 em cinco, você divide, 25 por cinco, dá três. Não é isso?".

Não, Roger, o resultado seria 5. A conta é simples, é só pegar o resultado de 25 (gols) dividido por 5.

Lembra de mais alguma gafe transmitida em rede nacional? Compartilhe aqui conosco.

Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.