7 maneiras mais bizarras de detectar doenças

13/09/17 às 16h53

Muita gente por aí corre de fazer visitas a um médico, mesmo sabendo que algo não está certo. Optam por tomar suas próprias conclusões sobre o que está acontecendo, e tomam algum remédio caseiro ou se auto medicam mesmo. Bom, sabemos que essa é a pior das atitudes que podemos tomar, já que fazendo isso só colocamos nossa saúde ainda mais em risco.

Pode até ser que alguns tratamentos sejam longos e difíceis de se enfrentar, e que ir ao médico não é a melhor sensação do mundo, mas é preciso. Grande parte do trabalho médico é feito baseando-se nos sintomas que o paciente diz sentir e em exames que podem demorar muito para sair, prolongando a resposta para o problema. Acontece que, ao longo de nossa história, alguns métodos bem estranhos já foram usados para descobrir doenças. Pensando nisso, separamos abaixo 7 deles, dá uma olhada!

1 - Diagnóstico pela língua

Acreditem ou não, mas a língua já foi usada por médicos, muitos e muitos anos atrás, como uma forma de descobrir doenças de seus pacientes. Alguns tinham o hábito de ingerir urina para detectar algum problema, e foi exatamente assim que o médico hindu Sushrata, em 6 a.C, descreveu uma doença que chamou de "urina de mel", quando provou a urina de um paciente que era extremamente doce.

2 - Diagnóstico pela TV

Tarec El Moussa, um apresentador de TV, foi surpreendido com os comentários de uma de suas espectadoras que o assistia de casa. Ryan Reade, escreveu ao apresentador informando-lhe que ele provavelmente, teria um câncer de tireoide, visto que observou que ele tinha um nódulo diferente na garganta.

A mulher, que é enfermeira, acabou salvando a vida de El Moussa. Os médicos diagnosticaram que ele tinha mesmo um câncer que se espalhava por seus  gânglios linfáticos. Ele precisou passar um tratamento de quimioterapia, após remover o tumor.

3 - As dobras no lóbulo da orelha

No ano de 1973, o Dr. Sanders T. Frank escreveu uma carta a um jornal de medicina da Inglaterra, alertando a todos que se atentassem aos pacientes que tinham uma dobra diagonal no lóbulo da orelha, já que isso poderia indicar algum tipo de doença cardíaca. Atualmente, essa dobra é conhecida como "sinal de Frank" e está associado a derrames e doenças cardíacas. Estudos realizados recentemente, descobriram que 75% dos pacientes analisados, que sofreram um acidente vascular cerebral (AVC), apresentavam o sinal.

4 - Diagnóstico pela escrita

A filósofa e romancista Iris Murdoch, sofreu com a doença de Alzheimer, e fez com que ela não se lembrasse de mais nada e não conseguisse continuar a escrever. A questão é que seus textos acabaram deixando pistas sobre como a doença foi se desenvolvendo nela. Ao compararem o vocabulário de Murdoch, perceberam que ele foi diminuindo bastante, conforme o fim de  sua carreira, o que já dá indícios de que sua memória não era tão boa como antigamente.

5 - Olhos vermelhos na foto

Provavelmente você já passou por isso e saiu com os olhos vermelhos em alguma foto. Antigamente isso acontecia bastante, mas hoje as câmeras já são capazes de corrigir esse erro automaticamente. Isso acontecia porque o flash da câmera refletia fora da retina do olho, mas significava boa saúde.

Depois de publicar uma foto de sua filha, Tara Taylor foi aconselhada pelos amigos a levar a menina a uma consulta, tudo porque ela aparecia na imagem com um olho vermelho e o outro em um tom de amarelo brilhante. Os médicos constataram então, que ela tinha a doença de Coats, onde há um acúmulo de colesterol nos vasos sanguíneos oculares e pode levar a pessoa à cegueira. Por sorte, a mulher escutou os conselhos, e evitou que isso acontecesse com a filha.

6 - Cheirando a doença

Bom, o que você acha sobre a possibilidade de um cão conseguir detectar uma doença e você? Sabemos que eles possuem alta sensibilidade em seus focinhos e por isso são utilizados em um monte de atividades, até mesmo em trabalhos policiais. Acontece que eles também podem ser grandes aliados dos médicos.

Quando temos alguma doença mais grave nosso metabolismo se altera e alguns de nossos compostos são produzidos de forma mais volátil, o que facilita para que um cão seja capaz de identificar alguma anormalidade apenas pelo cheiro.

Para que um cão seja capaz de tal façanha, na maioria das vezes é preciso que ele seja treinado e isso demanda muito tempo, sem contar que não é algo barato. Muitos já foram treinados para sentir o cheiro de cânceres, baixa concentração de açúcar no sangue e acreditem, a aproximação de convulsões!

7 - Teste de gravides: para homens

Bom, não se sabe ao certo as razões que levariam um homem a usar um teste de gravidez, mas aconteceu. O surpreendente no caso, é que logo após fazer o teste, o resultado foi positivo. Assustado, o homem decidiu compartilhar a situação com um amigo, que nada mais fez do que piadas, sem contar que ainda fez um quadrinho com a história, e divulgou em redes sociais.

Em meio a tantos comentários que o zoavam, houve um que chamou atenção, onde recomendavam que ele procurasse por um médico, pois isso poderia ser sinal de câncer. Acontece que esses testes detectam o hormônio HCG, que indica gravidez, mas os homens que produzem o hormônio, podem mesmo ter algum tipo de  câncer testicular.

Após fazer uma consulta, constataram que o homem tinha um pequeno tumor em estágio inicial, e felizmente, pôde ser tratado e curado.

E então pessoal, o que acharam? Já conheciam algum dos casos citados na matéria? Diz aí pra gente pelos comentários!

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.