7 erros que você comete e podem assassinar a vida do seu celular

13/09/17 às 15h22

Os celulares se evoluíram de tal forma que já são parte essencial da vida da maioria das pessoas. Tente se lembrar da última vez em que você passou algumas horas, ou até mesmo um dia completo, sem utilizar o smartphone para alguma tarefa. Provavelmente vai ter dificuldade para lembrar disso, já que passa tanto tempo ao lado dele.

Ainda que seja uma parte tão importante ao longo de nosso cotidiano, muita gente não toma os cuidados necessários para a otimização de seu uso, expondo o aparelho a riscos desnecessários. Normalmente, uma capinha de proteção ou uma película sobre a tela são o máximo da proteção que um usuário costuma ter com o celular, o deixando vulnerável a outros tipos de riscos.

Se você quer evitar o desgaste do seu maior companheiro do dia-a-dia tomando precauções para garantir seu bom funcionamento, evite cometar os erros listados a seguir.

1 - Não utilizar programas de proteção

1

A maioria das pessoas se esquece que os celulares são como computadores e precisam de manutenção frequente e programas de proteção, como antivírus atualizados. De acordo com o Journal of Information Systems Technology and Planning, mais de 96% dos smartphones não tem programas de segurança pré-instalados. Ao instalar um antivírus em seu celular, você também evita que o seu computador seja contaminado em caso de conexão dos aparelhos via USB. Para Androids, existem diversos programas úteis como Bitdefender, AVG ou Avast. Já a Apple, não tem boas opções de aplicativos com a função, mas a empresa garante que seus modelos de iPhone são completamente protegidos de vírus e malwares.

2 - Deixar de instalar atualizações

2

Mesmo depois de você comprar um celular novo, o modelo continua recebendo atualizações de programas, funcionalidade e sistema operacional. No geral, você deve atualizar o aparelho assim que as atualizações são liberadas, apesar do processo não ser urgente na maioria dos casos. O mesmo vale para os aplicativos que você tem instalado.

3 - Deixar o celular em altas temperaturas

3

O celular que se esquenta demais pode apresentar mal funcionamento e, principalmente, risco para a saúde da bateria do aparelho. Em temperaturas muito elevadas, alguns modelos de bateria podem até mesmo pegar fogo ou explodir. O cuidado também serve para temperaturas muito baixas. Apesar do frio não representar risco de combustão, também diminui a vida útil do aparelho consideravelmente.

4 - Usar qualquer carregador

4

Em situações de emergência, principalmente fora de casa, é comum que a gente utilize carregadores diversos, dependendo apenas do que está acessível. Alguns modelos não autorizados podem não fazer bem para a saúde do celular, causando danos à vida útil da bateria ou esquentando o aparelho além da conta.

5 - Não desativar o Bluetooth

5

Deixar o bluetooth do celular ativado frequentemente pode representar perigo para a segurança do seu dispositivo. Hackers a até 10 metros de distância podem ser capazes de acessar dados de seu celular por meio de falas de segurança do aparelho. A menos que você realmente precise do recurso para enviar ou receber um arquivo, desligue o bluetooth do celular.

6 - Não limpar

6

Qual foi a última vez que você limpou o seu celular? Se você não tem o hábito de fazer uma faxina no aparelho, pode ser vítima do acúmulo de sujeira em diversas partes do aparelho. Espaços como entradas de fone, carregador e botões do celular podem se tornar regiões repletas de sujeira que irão prejudicar o funcionamento do aparelho. Isso sem falar na falta de higiene! Procure utilizar uma pelícua e utilizar um pano macio para retirar impurezas e manter o telefone higienizado.

7 - Não checar seus aplicativos

7

Poucas pessoas checam a origem dos aplicativos que baixam e instalam nos seus celulares. Conferir o histórico dos desenvolvedores, outros aplicativos ou análises de outros usuários sobre o funcionamento do programa. Ao fazer isso, você pode se livrar de malwares, vírus ou programas que não vão ajudar a solucionar o seu problema. Isso é importante principalmente em dispositivos Android, já que o Google permite uma liberdade maior de aplicativos na Play Store.

Será que você está cuidando do seu celular como ele precisa para que tenha a vida útil prolongada por mais tempo? Se ainda não estava, pelo menos agora já sabe as dicas para seguir antes que seja tarde demais.

PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.