7 coisas que você provavelmente não sabia sobre As Crônicas de Nárnia

12/09/17 às 18h29

Apesar do autor da série de livros de As Crônicas de Nárnia, C. S. Lewis, ter reprovado qualquer adaptação cinematográfica da fantasia, após a sua morte, seu filho adotivo Douglas Gresham, virou detentor dos direitos sobre o livro e autorizou as adaptações. A primeira obra do autor, "O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa", foi publicada em 1950, e o filme de mesmo título correspondente ao livro, teve a estreia apenas em 2005.

Se você é muito fã dos livros, conheça um pouco sobre a criação da história por trás da mente do C. S. Lewis. Veja as curiosidades a seguir:

1 - O significado de Nárnia

O nome "Nárnia" é uma palavra derivada do latim que se refere a uma cidade antiga na Itália chamada "Narni".

2 - Quando surgiu a ideia da história

C. S. Lewis teve a ideia de Nárnia em 1939, mas não terminou de escrever o primeiro livro, O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa, até uma década depois em 1949. Lewis falou sobre a ideia do livro: "O Leão começou com uma imagem de um Fauno carregando um guarda-chuva e pacotes em uma floresta nevada. Esta imagem estava em minha mente desde os meus dezesseis anos. Então, um dia, quando eu tinha cerca de quarenta anos, disse para mim mesmo: 'Vamos tentar fazer uma história sobre isso'."

3 - A ordem cronológica certa dos livros

Lewis acreditava que a série deveria ser lida na ordem cronológica dos eventos descritos nos livros. Contudo, a maioria dos leitores, críticos e estudiosos acreditam que devem ser lidos na ordem em que os livros foram publicados: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa (1950), Príncipe Caspian (1951), A Viagem do Peregrino da Alvorada (1952), A Cadeira de Prata (1953), O Cavalo e seu Menino (1954), O Sobrinho do Mago (1955), A Última Batalha (1956). O que você acha?

4 - Brejeiro foi baseado em um trabalhador da casa de Lewis

Em A Cadeira de Prata, o personagem principal, Brejeiro, foi baseado em Fred Paxford, que foi o "faz tudo" na casa de Lewis (em The Kilns) em Oxford por mais de 30 anos. Douglas Gresham o descreveu como "um homem simples e comum que poderia ser chamado de pessimista, alegre e eterno". Ele disse que se alguém dissesse "bom dia", Paxford responderia: "Ah, parece que vai chover antes do almoço embora, se isso não acontecer, vai cair neve ou granizo".

5 - O significado do nome de Aslan

O nome do personagem principal de As Crônicas de Nárnia, Aslan, significa Leão em turco. Embora Aslan seja o único personagem a aparecer em todos os sete livros, ele nunca apareceu no primeiro rascunho de O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa, apesar de ter sido publicado um ano depois.

6 - As obras demoraram mais de oito anos para serem escritas

Lewis demorou mais de oito anos para terminar de completar a série de livros, embora ele tenha gastado apenas 3 meses para escrever o primeiro livro.

7 - Aslan como Jesus

"Suponhamos que existisse uma terra como Nárnia e que o Filho de Deus, da mesma forma como se tornou um homem em nosso mundo, se tornasse um Leão, e então imagine o que aconteceria", escreveu Lewis para uma carta a um aluno do quinto grau, explicando que Aslan não foi destinado a "representar" Jesus.

Você conhecia todas essas curiosidades? Comente e compartilhe a matéria.

Gabriela Tyemi
Não tenho coisas preferidas.
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.