30 dias antes de um ataque cardíaco, seu corpo dará esses 7 sinais

13/09/17 às 18h15

Você conhece alguém que já sofreu um ataque cardíaco? Certamente é uma situação muito triste e que nos deixa cheio de incertezas sobre como será dali para frente, mas é como dizem: o melhor remédio é a prevenção! Portanto, esteja sempre atento e se previna desde cedo, pois ao contrário do que imaginamos, nem sempre isso acontece apenas com as pessoas mais idosas.

Um dos motivos que mais leva alguém a um ataque cardíaco é a doença arterial coronária, que faz com o sangue não seja bombeado da maneira correta pelo organismo da pessoa. Os que mais correm risco são os homens, com idade superior aos 45, e as mulheres, com mais de 55 anos, sendo que as possibilidades aumentam quando na família já existe alguém que sofreu com o problema. Outros fatores podem contribuir para que isso aconteça, por exemplo, se você fuma, ou não faz atividades físicas, é obeso, hipertenso, ou diabético... São fatores de risco.

Bom, pensando nisso, separamos abaixo 7 sinais que seu corpo dá cerca de 30 dias antes de um ataque cardíaco acontecer. Se eles passam a acontecer de forma frequente, não ignore, procure por um médico!

1 - Fadiga

A fadiga pode ser um dos maiores sinais, visto que o pobre fluxo de sangue para o coração pode levar à fadiga, portanto, se você sente, ou conhece alguém que se sente cansado e com sono o dia todo, já é um sinal para ficar atento. O estreitamento que ocorre nas artérias pode contribuir para reduzir o fluxo de sangue no coração, com acúmulo de depósitos gordurosos nas artérias.

2 - Suar frio e tonturas

Se você já sofre um com um fraco fluxo sanguíneo, certamente não terá suprimentos suficiente de sangue para o cérebro também, fazendo com que seu corpo comece a se sentir mal e permaneça úmido. Consequentemente, o cérebro também começa a não reagir da forma como deveria, causando um mau funcionamento. A má circulação, portanto, pode causar as tonturas e também o suor frio.

3 - Sintomas de resfriado ou gripe

Grande parte das pessoas que sofreram um ataque cardíaco disseram que acharam estar apenas passando por um simples resfriado ou gripe, dias antes. É muito importante dar atenção a esse tipo de sintoma, principalmente se andar sentindo os outros sinais aqui mencionados. Cuidado!

4 - Fraqueza

A redução do fluxo sanguíneo e da circulação podem ser resultado do estreitamento arterial de seu organismo, o que pode fazer com que haja fraquezas musculares e do corpo, de uma forma geral. Este pode ser um dos primeiros sinais de um ataque cardíaco, nunca ignore! O melhor a se fazer é ir em busca de um médio.

5 - Insônia

O que relaciona a insônia com o ataque cardíaco nada mais é do que os altos níveis de ansiedade quando a pessoa se encontra nesta situação. Quando se tem dificuldade em dormir, ou manter-se dormindo, e ao mesmo tempo, dificuldade em levantar logo pela manhã, e isso se mantêm de maneira frequente, procure o mais rápido possível por um médico.

6 - Falta de ar

Isso também acontece devido ao estreitamento arterial e à redução de fluxo sanguíneo. Da mesma forma que essa redução pode acontecer no cérebro e no coração, também pode ocorrer nos pulmões, dificultando a respiração. O coração e pulmão funcionam de forma conjunta, e se algo está errado com um, isso afetará de forma negativa o outro. É um sintoma que pode aparecer com 6 meses antes do infarto realmente acontecer.

7 - Dores no peito

Este é o principal e mais importante indício de que um ataque cardíaco pode estar prestes a acontecer. A maioria das pessoas que passaram por isso afirmam que sentiam uma dor no peito, especificamente, uma espécie de pressão. Ia sempre aumentando de forma gradativa. A dor ainda pode ser expandida para as costas, braços e ombros. Muita gente acaba ignorando isso, achando que é normal, mas pode ser um forte indício de que poderá sofrer um mau súbito em breve.

E então pessoal, o que acharam? Já sabiam que esses sintomas podem anteceder um ataque cardíaco? Nunca os ignore, principalmente se a maioria deles estiver acontecendo de forma simultânea ou com frequência. Sabem de algum outro sintoma que não foi mencionado em nossa lista? Compartilha com a gente aí pelos comentários!

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.