12 ilustrações que mostram a realidade de ser uma mulher-menina

19/04/17 às 16h25

Chrostin é o nome fictício criado pela artista belga Christina De Witte para assinar suas ilustrações. A ilustradora achou que a criação de um personagem seria mais interessante para demonstrar sua obsessão com comidas, padrões de beleza e tentativa de se dar bem em todos os ambientes da vida.

Christina sempre desenhou e ilustrou durante toda a sua vida, mas somente aos 20 anos começou a trabalhar com isso, quando arrumou um trabalho em uma revista holandesa. Ao mesmo tempo, em suas ilustrações, busca capturar situações simples e divertidas, tanto em holandês como em inglês.

"Eu estava com um pouco de medo no início, porque trabalhar com outra língua que não é a sua demonstra um risco. É mais fácil cometer erros", explicou. "Por outro lado, as situações universais são reconhecidas por pessoas de todo mundo de forma bem rápida, seja em holandês ou inglês."

Por meio da identidade Chrostin, Christina criou uma versão ilustrada de si mesma. Ela adora desenhar as aspectos da vida de seu alter-ego, como rotina, estudos, família, amigos, relacionamentos e muitas outras coisas, principalmente que giram ao redor da vida como mulher.

"Ela tem a mente aberta e é uma jovem garota sem preocupações que aceitou a forma como parece. Eu gostaria que eu fosse tão despreocupada como ela", revelaou.

Vamos conhecer um pouco do trabalho da ilustradora e ver situações que as mulheres vão conseguir se identificar em todo lugar.

1.

2.

3.

4.

5.

6.

7.

8.

9.

10.

11.

12.

Gostou das ilustrações da artista? Se identificou com algum dos momentos retratados? Conte para a gente a sua favorita, nos comentários, e compartilhe a matéria com quem você sabe que também vai se identificar!

PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.