12 fatos sobre a depressão que todo jovem tende a ignorar

09/08/18 às 19h39

A depressão não é algo muito simples de se identificar e as pessoas que sofrem da doença acabam enfrentando um grande estigma social, uma vez que muita gente ainda não entende a gravidade e seriedade pela qual a doença deve ser encarada. A adolescência, por exemplo, é uma fase conturbada e apresenta diversos problemas, dentre eles a depressão pode surgir. E, segundo a Organização Mundial de Saúde, a depressão é a principal causa de doenças em adolescentes.

Por isso é muito importante que as pessoas possam se orientar e encarar a doença com mais seriedade. Afinal, não existe ninguém imune a doença e por muitas vezes ela pode estar escondida onde menos imaginamos. Listamos alguns fatos envolvendo a depressão que muitas pessoas acabam por ignorar. Confira!

A depressão

1 - Cerca de 350 milhões de pessoas no mundo todo, de idades variadas, sofrem de depressão.

2 - Os homens têm duas vezes menos chances do que as mulheres de desenvolver a depressão.

3 - A depressão pode ocasionar, dentre outros sintomas, baixa de energia e dificuldades de concentração, o que pode acarretar em dificuldades para estudar e problemas no aprendizado.

4 - A depressão profunda acelera o processo de envelhecimento celular, o que afeta diretamente nossa aparência.

5 - Pessoas deprimidas podem sonhar de 3 a 4 vezes mais do que costumavam sonhar.

6 - Somente nos Estados Unidos, 1 em cada 8 adolescentes são diagnosticados com depressão clinica.

7 -  Um estudo revelou que comediantes e "pessoas engraçadas" são mais deprimidas do que a média da população.

8 - Hoje em dia, as pessoas sofrem 10 vezes mais de depressão do que em 1945.

9 - Pessoas que passam muito tempo na internet têm mais risco de desenvolver depressão, instabilidade mental e a solidão.

10 - A depressão não possui uma cara ou um biotipo. Dentre suas várias faces, ela pode se esconder na raiva, na indiferença e até mesmo na felicidade.

11 - Exercícios e atividades físicas podem auxiliar no tratamento e na prevenção da depressão.

12 - Bons sentimentos como a gratidão aumentam os níveis de dopamina e serotonina, de forma parecida com que os antidepressivos fazem.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

VER COMENTÁRIOS
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
COMPARTILHAR INSCREVA-SE
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.