O que está por trás do misterioso Triângulo do Alasca?

10/04/17 às 19h15

Todo mundo já ouviu falar no Triângulo das Bermudas, certo? Se já ouviu falar, nós temos certeza que você vai se interessar pela nossa matéria que mostra que o mistério do Triângulo das Bermudas é finalmente revelado pela ciência. Mas hoje, caros leitores, nós vamos falar de um "triângulo" diferente e que talvez você não conheça, o Triângulo do Alasca.

Assim como o Triângulo das Bermudas, existe uma área do Alasca com alta taxa de desaparecimentos, e por isso essa área recebeu esse nome. No meio de morros intocados da paisagem do Alasca, existe grandes mistérios. O número de pessoas que desaparecem nessa área do Alasca é algo alarmante. O Triângulo do Alasca corta quatro regiões do estado, desde o deserto e fiordes do sudeste até a tundra e as cordilheiras do Ártico. Seus pontos incluem a grande faixa de terra de Juneau e Yakutat, no sudeste, até a cordilheira de Barrow, no norte e Anchorage, no centro do estado.

Para vocês terem uma ideia, até mesmo os índios nativos do Alasca, que vivem perto de Juneau, ficaram intrigados com esse peculiar mistério. Eles acreditam que um espírito maligno chamado Kushtaka, um cruzamento entre homem e uma lontra, captura pessoas que se afogaram ou se perderam, levando-os para o seu reino para nunca mais serem vistos novamente.

Se são espíritos malignos ou não, nós não sabemos, mas sabemos que o número de pessoas desaparecidas no Alasca é quase o dobre do que a médica nacional. No ano de 2007, as tropas estaduais do Alasca acrescentaram 2.833 notificações de pessoas desaparecidas. Em um estado com pouco mais de 670.000 habitantes, a média de pessoas desaparecidas chega a quatro a cada mil pessoas.

Junto com os relatórios de pessoas desaparecidas, os soldados estaduais supervisionaram as operações de busca e resgate. No ano de 2007, realizaram 42 missões relacionadas com caminhantes que não voltaram, 85 relacionadas com velejadores que estavam atrasados e 100 relacionadas com operadores de máquinas de neve que estavam temporariamente ausentes.

Mas por que tantas pessoas desaparecem assim nessa região do Alasca? Estima-se que desde 1988, uma impressionante população de 16 mil pessoas tenha desaparecido nessa zona. É algo realmente assustador, mas não para os Alaska Monster.

Eles estão a fim de descobrir se são os tais espíritos dos índios, se é o pé grande ou se simplesmente é obra da mãe natureza. O Alaska Monster andam nas florestas escuras durante à noite para rastrear os monstros que eles acham ser responsáveis pelos desaparecimentos de muitas pessoas. Em investigação, eles exploram o Triângulo do Alasca, investigam pistas, pegadas, histórias de moradores, e abordam todas as pistas que podem levar a alguma resposta concreta.

Confira um pouco do trabalho do Alaska Monster no vídeo abaixo:

Mas e vocês, o que acham desses mistérios das pessoas desaparecerem? Comentem!

Mateus Graff
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.