Nêmesis - HQ está entre os possíveis títulos para adaptação na Netflix

10/08/17 às 17h32

Muitos fãs do entretenimento pop foram pegos de surpresa quando a Disney anunciou que até 2019 irá retirar seu conteúdo do catálogo da Netflix porque pretende iniciar seu próprio serviço de streaming, (entenda a história aqui). Dessa forma, a plataforma vai perder boa parte de sua programação, já que a retirada de conteúdo inclui filmes e séries. Por isso, a empresa tem investido pesado cada vez mais em produções originais, não parando de surpreender seus clientes. Uma dessas surpresas veio esta semana quando ela anunciou a compra do direito de todas as obras de Mark Millar.

Conhecido como Millarworld, a Netflix tem em mãos agora uma série de possíveis adaptações, tanto para filmes como para séries. Entre os diversos títulos recém adquiridos, encontra-se o aclamado Nêmesis que, não por acaso, poderia ser uma das primeiras escolhas de adaptação feita pela empresa. A obra, escrita por Millar e ilustrada por Steve McNiven, apresenta um personagem que mais parece ser a junção do Batman com o Coringa. Sem exageros!

A história em quadrinhos acompanha essa figura misteriosa que se intitula Nêmesis, um homem que tem como objetivo derrotar os melhores policiais do planeta. Sendo assim, em cada país do mundo ele caça e elimina tais profissionais, não antes de submetê-los a certa tortura, tanto física quanto psicológica. Temos uma prova disso logo no começo da história, quando Nêmesis está no Japão finalizando mais uma de suas missões. Os Estados Unidos é o local escolhido por ele para ser o último trabalho, dessa forma ele parte para a terra do Tio Sam tendo como alvo o agente policial Blake Morrow.

A narrativa do quadrinho é intensa, cheia de quadrados repleto com ações, são tiroteios, lutas corpo a corpo e perseguições muito bem desenhados por Steve McNiven, que mantem um traçado limpo e simétrico. De fato, ao ler Nêmesis o leitor percebe fortes influências de filmes - conhecidos como pipoca - em seu formato, como se as sequências de ação da obra tivessem diversos cortes em sua composição, tornando as cenas mais rápidas aos olhos dos leitores. Inclusive, a forma como McNiven estruturou tais cenas lembra bastante quadros de storyboard. Esses elementos elementos visuais fazem da história mais atrativa que o convencional.

A trama também não é uma das que se encontra fácil entre produtos do meio, para quem tem o costume de consumir apenas Marvel e DC Comics, pode estranhar um pouco. No entanto, Nêmesis tem o seu charme. O protagonista da história é um vilão hediondo, frio, megalomaníaco, totalmente psicopata e que ainda pode ser encarado como a personificação da própria maldade e, ironicamente, se vente de branco da cabeça aos pés para tocar o terror. Se não bastasse todos esses traços doentios em sua personalidade, Nêmesis ainda é um gênio, sempre um passo à frente de qualquer pessoa. Até mesmo quando se acredita que ele possa ter perdido, o personagem consegue provar aos leitores o contrário.

Um dos próximos lançamentos mais aguardados da Netflix é a série do Justiceiro. Bem, Frank Castle pode não ser um herói por definição, mas certamente está bem longe de ser um criminoso. Apesar disso, muitas atitudes do personagem podem vim como uma surpresa para muitos de seus espectadores. Seguindo essa linha, Nêmesis seria uma boa escolha de adaptação para adentrar ao maravilhoso mundo de Mark Millar. Levando em consideração que a Netflix gosta de arriscar e ousar em seus conteúdos, Nêmesis não apenas levaria o imprevisto aos seus espectadores, mas também lhes entregaria um novo conceito para o horror!

E você, já conhecia os quadrinhos de Nêmesis? O que acha de uma futura (quase certa) adaptação da história pela Netflix? Não deixe de compartilhar sua opinião com a gente!

Via   CB     NW  
Imagens CB CV Youtube
Gabi Noronha
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.