Fotógrafo judeu enterra imagens raras da época do holocausto para que os nazistas não as encontrassem e agora são divulgadas

05/04/17 às 18h00

Provavelmente, você sabe ou, pelo menos, já ouviu falar sobre o Holocausto. Mas, será que você também sabia que algumas das pessoas que passaram por esse período precisaram usar alguns truques para sobreviver a esse tempo de horror e mortes. Além disso, aqui no Brasil também aconteceu um Holocausto.

O Holocausto foi um momento de pavor para muitas pessoas, há décadas passadas. Segundo publicação do portal G1, "o tempo apagou parte da tatuagem, mas os horrores do Holocausto - o genocídio de 6 milhões de judeus durante a 2º Guerra Mundial pela Alemanha nazista - permanecem vivos na memória de Balkanyi. 

Éramos apenas um número. Tive de comer cascas de batata no lixo e me cobrir com cadáveres para não morrer, conta o uruguaio Francisco Balkayani, de 88 anos, um dos poucos sobreviventes ainda vivos do massacre em entrevista à BBC Brasil.

No auge desse período, inverno de 1944, um fotógrafo judeu chamado Henryk Ross de Lódz enterrou uma caixa de fotografias no chão perto de sua casa, quando as forças alemãs invadiram sua cidade, em 1939.

Tempos mais tarde, ele voltou até o local onde havia enterrado as imagens e resolveu torná-las públicas. Na época, ele arriscava a sua vida documentando, de forma secreta, os acontecimentos do cotidiano antes que as pessoas fossem levadas para os campos de extermínio.O intuito era salvar as imagens para preservar evidências dos crimes contra seu povo para as futuras gerações.

Depois de ser libertado pelo exército soviético em 1945, o fotógrafo percebeu que as imagens estavam danificadas ou destruídas pelas águas dos lençóis subterrâneos. As que permaneceram intactas e ainda íntegras ele publicou em um ensaio íntimo mostrando a vida de judeus poloneses. A exposição foi montada como um memorial para as vítimas do maior genocídio do mundo todo. Confira as imagens desse bonito e tocante ensaio produzido por Henryk:

1 - Entre 1940 e 1944 - Sinal para área residencial judaica ("Entrada proibida de judeus")

2 - Um homem salvando um objeto na rua Wolborska (1940)

3 - Criança posando para foto (1940 - 1944)

4 - O retrato de um casal (1940 - 1944)

5 - Henryk Ross escavando sua caixa escondida de negativos e documentos

6 - Menino procurando comida

7 - Mulher com seu filho

8 - Homem andando na neve pelas ruínas da sinagoga na rua de Wolborska (destruída por alemães em 1939)

9 - Baldes de comida e pratos deixados para trás por moradores que tinham sido deportados para os campos de concentração

10 - Uma criança sorridente

O que você achou desses registros históricos? Mande seu comentário para gente!

Via   G1     boredpanda  
Imagens seuhistory
Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.