Esse final alternativo de Harry Potter mexeu com a cabeça dos fãs

18/05/17 às 17h44

Todos nós já assistimos pelo menos um filme de Harry Potter, não é mesmo? Mas acreditamos que a maioria acompanhou a série do começo ao fim e se prendeu nesse mundo de aventuras do bruxo mais famoso de todos os tempos. Acontece que com o final, muitas pessoas ficaram extremamente tristes e mexidas e, é claro, imaginando diversos finais diferentes por alegarem que o fim de toda história deixou a desejar. Muitas versões do que poderia ter acontecido surgiram na internet desde que demos adeus a Harry, Hermione e Rony. E se eles morressem e se tornassem uma grande lenda na escola e no mundo bruxo como um todo? E se Lord Voldemort fosse, na verdade, pai de Harry? E se...

Acontece que em meio a tantos finais alternativos criados na cabeça dos fãs, um ganhou destaque e viralizou nas redes sociais. O jornalista e escritor Greg Palast ficou conhecido no mundo inteiro quando publicou o seu final da saga dos filmes e o seu desejo. Ele ainda disse em seu site que ficou amigo de J.K. Rowling em 2007 enquanto ela preparava o final. Conversaram sobre a história como um todo e os rumores que ela preparava para os personagens. Logo que acabou e lançou o filme, o jornalista pediu desculpas a escritora e alertou sobre os perigos de fazer amizade com um repórter investigativo, então publicou a história que dizia o seguinte:

"No final alternativo, Harry Potter vai até a Floresta Proibida encontrar Voldemort e seu grupo de dementadores. Lá chegando, descobre que o vilão tinha preparado um fim muito mais terrível que o feitiço Avada Kedavra. Durante seu período de exílio, o Lorde da Trevas descobriu uma forma de lançar beijos de dementador por meio de sua varinha. Assim, o feitiço tiraria a alma da vítima para sempre.

Harry, então, sente a presença de um casal e se engana ao pensar que são os fantasmas de seus pais, em um último resto da força deles. De repente, nota que o rapaz e a mulher não eram Tiago e Lilian, mas sim o jovem Tom Riddle e sua noiva, que se materializaram para que o filho não fosse ferido.

O bruxo fica em dúvida sobre para quem seriam estas palavras, mas logo desiste de descobrir e caminha até Voldemort, que ao ver o espectro dos pais grita furioso e lança os beijos mortais. O feitiço atinge Harry rapidamente. As sobras voam até Voldemort e, de repente, tudo muda. O vilão volta a ser o jovem Tom Riddle. A maldição volta para a varinha do Lorde das Trevas e ele continua a rejuvenecer, até virar um bebê.

Para proteger o filho, ao notarem que o feitiço seguiria até o fim, o pai e a mãe do bruxo das trevas colocam seus braços ao redor do filho e os três viram almas entrelaçadas, ficando assim para toda a eternidade.

Logo após a cena do combate, o tempo passa e o ano é 2130. Um senhor de barba branca e sem cabelos olha para uma moldura vazia, sabendo que logo estará morando dentro dela. Na parte de baixo, está escrito Harry Potter. É o dia de seu 150º aniversário e Hogwarts preparava uma grande festa. Sua mulher, Gina já havia se transformado em um pássaro do paraíso e ficava em um puleiro próximo a sua mesa.

Na escola, pessoas aproveitavam os dias de verão ao redor de uma estátua viva de um casal com uma criança. Ninguém além do diretor sabia que o trio era a família de Voldemort, já que todos tiveram as lembranças apagadas.

Harry Potter então diz para a ave que precisa cuidar de seu tataraneto, que está brincando no tapete. O menino, que se chama Tom, esmaga o sapo de chocolate com que estava brincando. O diretor observa a cena e sentiu que tudo escureceria para as próximas gerações."

E aí, o que você achou desse final? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos.

Via   Terra  
Diogo Quiareli
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.