Essa invenção é a solução para quem odeia agulhas

10/07/17 às 14h30

Muita gente morre de medo das agulhas, dos mais jovens aos mais idosos. Muitos correm de tomar injeções, o que pode ser algo muito prejudicial, pois querendo ou não é bastante necessário. Bom, aqui vai então uma boa notícia para esses que não gostam: resultados publicados na revista The Lancet (que aborda temas da medicina), mostram que vacinas contra a gripe poderão ser aplicadas por meio de um adesivo que contém microagulhas, que acabam se dissolvendo na pele.

De acordo com Roderic I. Pettigrew,  diretor do Instituto Nacional de Imagem Biomédica e Bioengenharia, as agulhas dos adesivos são indolores e com certeza apresentam uma inovação no modo que somos vacinados hoje em dia. Conforme os estudos acerca dessa técnica forem avançando, a necessidade de ir até  uma clínica para tomar injeção pode ser extinta, já que a vacina adesiva pode ser entregue por correio, e o próprio paciente poderá ser capaz de aplicá-la. Roderic ainda diz que esse método poderá ser aprimorado e desenvolvido também para outras vacinas.

Foram feitos testes com 100 pessoas adultas, para medir a eficácia dos adesivos. Foram divididos em 4 grupos, onde o primeiro tinha um profissional que aplicava os adesivos nos pacientes; no segundo, os pacientes aplicavam sozinhos; no terceiro, um profissional da saúde aplicava a injeção tradicional, e no quarto, era aplicado um placebo (que não contém propriedades farmacológicas) com as microagulhas. Os resultados mostraram que alguns pacientes tiveram algumas reações na pele, como uma leve vermelhidão ou irritação, que duraram cerca de 2 ou 3 dias, mas que não é nada grave, indicando que os adesivos são seguros.

As 100 microagulhas dispostas nos adesivos são solúveis em água, o que resulta também, na fácil solubilidade delas na pele humana. A resposta de nosso organismo em relação às duas vacinas é bem semelhante e a imunização ainda acorria depois de passados 6 meses da aplicação. Quando os voluntários foram questionados sobre sua preferência, 70% respondeu que preferiam as vacinas adesivas.

E então pessoal, o que acharam? Trocariam a agulha tradicional por esses adesivos? Diz aí pra gente!

Via   G1  
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.