Essa é uma enorme coleção de artefatos nazistas que foi encontrada recentemente na Argentina

19/07/17 às 16h47

Foi descoberto pela Polícia Federal Argentina uma casa com uma sala secreta perto de Buenos Aires, com cerca de 70 artefatos nazistas, incluindo um negativo de Adolf Hitler e uma grande faca. A polícia está investigando porque diabos esses itens estavam na Argentina. Segundo o site Haaretz, agentes da Interpol fizeram uma revista na casa ainda no dia 8 de junho, e algumas obras de "origens ilícitas" haviam sido descobertas ao norte de Buenos Aires, fazendo com que a polícia chegasse a esse novo destino. Já leram a nossa matéria que mostra como seria o mundo se os nazistas tivessem vencido a 2ª Guerra Mundial?

Quando a polícia chegou ao local, eles descobriram uma tampa de livro que escondia uma sala secreta, onde estavam tais coisas. O dono da casa continua solto e não está definido se ele será acusado ou não. Especialistas no assunto do Holocausto foram contactados para saber mais sobre a origem dos objetos, e membros da comunidade judaica argentina dizem que essas coisas podem ter sido levadas para a Argentina por funcionários nazistas depois da 2º Guerra Mundial.

No começo, os especialistas disseram que existem chances dos objetos serem apenas simples reproduções, porém eles acreditem que se trate de peças originais. "Nossas primeiras investigações indicaram evidências de originalidade", declarou a Ministra da Segurança argentina, Patricia Bullrich, à Associated Press.

Essa descoberta é uma das maiores do assunto na Argentina, uma país que tem uma relação infeliz com o Holocausto, pelo fato de várias autoridades nazistas se exilarem na Argentina depois da guerra, inclusive Adolf Eichmann e Josef Mengele.

Para quem não sabe, Eichmann foi encontrado em Buenos Aires por caçadores de nazistas em 1960, e foi condenado a morte por enforcamento em 1962, em Israel. Já Mengele fugiu da Argentina e foi para o Paraguai, mas tempos depois acabou parando no Brasil. Ninguém sabe se tal coleção pertence a um desses dois nazistas.

As autoridades argentinas acreditam que esses objetos são originais por estarem marcados com retratos de líderes nazistas. Um dos itens, por exemplo, é uma lupa, que também está presente no negativo de uma fotografia de Hitler. Infelizmente a foto de tal lupa ainda não foi divulgada. "Esta é uma estratégia para vendê-los: mostrar que as peças foram utilizadas pelo horror, pelo Fuhrer. Há fotos de Hitler com esses objetos", disse Bullrich.

Dentre os itens encontrados, um dos mais perturbadores são os instrumentos médicos, incluindo itens utilizados para medir a dimensão da cabeça dos seres humanos. Cientistas nazistas viajaram pelo mundo inteiro na década de 1930 medindo o crânio de inúmeras pessoas de etnias diferentes, confiando em uma pseudociência que pregava a determinação das "raças superiores" por meio de características faciais.

Outros objetos que chamam a atenção são os brinquedos nazistas e outros que eram destinados a jovens nazistas, como uma coleção de gaitas com ilustrações de jovens carregando bandeiras com a suástica.

"Não há precedentes para uma descoberta como esta. Peças são roubadas, há falsificações; isso, porém, é original, e temos que descobrir de onde veio", afirmou Nestor Roncaglia, chefe da polícia federal argentina. Mas e você, acha que esses objetos são originais ou não passam de uma grande farsa? Não esqueça de deixar o seu comentário!

Via   Gizmodo     Haaretz  
Mateus Graff
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.