Absolutamente nada afunda nesses lagos brasileiros, mas por quê?!

07/08/17 às 22h32

Será que você já ouviu falar na região de Jalapão, localizada no estado do Tocantins? Bom, por mais que seja dentro de nosso próprio país, e um grande ponto turístico, pouca gente conhece. Mas o que esse lugar teria de tão especial para atrair turistas de todas as partes do mundo? Bom, acontece que a região concentra alguns fervedouros, que nada mais são do que piscinas naturais (lagos) que não deixam que nada afunde. Isso mesmo, nada afunda dentro dessas águas.

Isso acontece porque de baixo do lago existe uma rocha impermeável, que não permite vazão da água para o lençol freático, fazendo com que uma pressão muito forte atue sobre ela quando nasce, empurrando areia para cima. Isso faz com que as águas tenham maior densidade, e qualquer coisa ao entrar dentro delas, flutue. É impossível ficar com o corpo ereto, por mais que você tente, não adianta. Dizem que a sensação é muito parecida com a de entrar no Mar Morto, em Israel, muito conhecido por esse fenômeno.

Jalapão em si, é um lugar incrível. Tem características encantadoras, belas paisagens e belezas naturais, sem contar que é cheio de dunas, pequenos rios e cachoeiras, mas falando especificamente desses fervedouros, para se ter uma pequena noção, existem cerca de 120 deles que já foram catalogados, mas grande parte não está aberto à visitação do público, mas os que estão, certamente valem a pena.

Por mais que este seja um fenômeno raro, não é exclusividade da região, mas o motivo de atrair tanta gente, afirmam os turistas, é que o local sem dúvida é o mais bonito. As águas cristalinas localizadas em meio à vegetação fechada do local, formam verdadeiros oásis e dão vida para o lugar, transformando completamente a paisagem.

Se ficou curioso e com vontade ir até o lugar, é preciso ir de carro até certo ponto, e caminhar para chegar até os fervedouros, já que os carros não conseguiriam passar pela vegetação. Como alguns deles se encontram em propriedades particulares, é necessário pagar uma pequena quantia para fazer a visita, e entram apenas 6 pessoas de cada vez, visto que o fervedouro é pequeno, e por lá podem ficar durante 20 minutos. É claro que vários grupos tem a ideia de ir até o local no mesmo dia, e é por isso que um rio fica à disposição para que você se divirta enquanto espera pela sua vez de fazer a visita.

Os turistas acabaram desenvolvendo um monte de brincadeiras, que são sempre reproduzidas por muitos que vão ao local. Existe até uma tradição de entrar no lago correndo para sentir a estranha sensação de cair e começar a flutuar. Enfim, a questão é que trata-se realmente de um lugar incrível, e que vale a pena dar uma conferida e viver uma experiência diferente.

E então pessoal, já conheciam a história do lugar? Será que alguém aí já fez uma visita até a região? Compartilha suas ideias aí com a gente, pelos comentários!

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.