8 arrepiantes histórias de canibalismo moderno

08/06/17 às 19h42

Canibalismo é o ato em que uma pessoa come o corpo, ou partes, de outro indivíduo da mesma espécie. Essa prática é comum durante rituais satânicos, quando indivíduos são sacrificados para um deus e os adeptos acabam comendo a pessoa porque acreditam que vão receber a força e o seu poder.

Os canibais mais conhecidos foram os astecas, que sacrificavam e comiam guerreiros de outras tribos. Atualmente essa prática é crime sob a condenação de mutilação e profanação de cadáver. Porém, esse ato continua sendo feito por muitas pessoas em todo mundo.

A Fatos Desconhecidos separou 8 histórias de canibalismo moderno que vão te deixar aterrorizados. Entre os casos, o relato de dois homens que mataram o próprio irmão e o americano que comeu o próprio órgão genital. Confira abaixo. Aproveite para ler essa matéria sobre verdades que ninguém vai te contar sobre o canibalismo.

1 - A vítima online do canibal

Desde os 12 anos de idade Armin Miewes tinha o sonho de matar e comer uma pessoa. Porém, ele só conseguiu colocar em prática o objetivo após 430 tentativas, quando tinha 29 anos. A vítima foi Bernd Brandes. Você pode estar pensando que ele foi morto de forma forçada, né? Porém, está enganado. Bernd chegou até Armin através de sites especializados em canibalismo. E foi o único a topar ser morto e ter sua carne comida por alguém.

Na época, Bernd vendeu o carro, fez um testamento e viajou até a casa de Armin, em Rotenburg, na Alemanha, onde ele teve o órgão genital cortado e cozinhado. Depois foi esfaqueado e teve o resto do corpo guardado no refrigerador durante sete meses para o consumo.

2 - O homem que comeu o próprio dedo

Sofrer acidentes pode ser traumático e as vezes deixam muitas marcas. Como no caso de David Playpenz, de Colchester, em Londres, ele sofreu um acidente e acabou perdendo o dedo. Porém, não parou por aí. David cortou o membro na sua casa e foi ao hospital apenas para fazer os procedimentos necessários de amputação. Mas o que os médicos não sabiam era que ele planejava cozinhar e comer o próprio dedo.

3 - O canibal que foi morto enquanto comia uma vítima

Rudy Eugene foi morto por policiais em 2012 depois de recusar se afastar do corpo de Ronald Poppo. Rudy acabou sendo baleado, com seis tiros, por um policial da Flórida. Ele estava sendo considerado um agressor perigoso, mesmo sem estar armado. Já Ronald foi levado para um hospital com várias lesões. Na ocasião, as câmeras de segurança do jornal Miami Herald gravaram toda a cena.

4 - O japonês que comeu o próprio órgão genital

Um japonês decidiu arrancar, cozinhar e comer as próprias genitálias. O caso aconteceu em 2012 após Mao Sugiyama, de 22 anos, passar por uma cirurgia para retirar o órgão genital. Para comemorar, ele congelou o membro íntimo, o temperou e serviu para várias pessoas durante uma festa.

Mao cobrou R$ 800 para que os convidados comesse seu órgão, que foram decorados com cogumelos e salsa, em Tóquio, no Japão. Cerca de 70 pessoas participaram do festejo, porém, apenas 5 comeram do órgão, o restante ingeriu carne bovina.

5 - Os canibais que comeram o irmão

Timur, de 28 anos, e Marat, de 23, decidiram comer o corpo de seu próprio irmão mais velho, identificado como Rafis, depois de o terem matado. O fato aconteceu em 2009, e a polícia só descobriu o que de fato houve após desconfiar dos detalhes dados sobre o desaparecimento de Rafis.

Depois de muita investigação, a polícia acabou encontrando o esqueleto da vítima no quintal da casa. Na época, Timur afirmou terem escondido o crime porque não queria voltar para a prisão, onde passou 10 anos.

6 - Mulher que matou o ex-marido e serviu de jantar para os filhos

O término de um relacionamento pode não ser algo legal e confortável para muita gente, mas parece que para essa mulher australiana foi traumático. Isso porque Katherine Knight sofria maus tratos enquanto estava casada com John Charles Thomas Price.

Após o fim do relacionamento, Knight decidiu esfaquear Price 37 vezes, esfolar a sua carne e pendurá-la em um arame. Depois ela decapitou o ex-marido, colocou a cabeça em um fogão e assou a carne de suas nádegas juntamente com legumes cozidos. O prato foi oferecido aos seus filhos.

7 - O turista alemão que foi comido por um canibal em uma ilha

Em 2011 Stefan Ramin, de 40 anos, e sua namorada Heike Dorsch, de 37, decidiram passar um tempo na ilha de Nuku Hiva, no Oceano Pacífico, porém, o que era para ser uma diversão e lazer, acabou se tornando um pesadelo e um caminho sem volta. Isso porque o turista alemão acabou morto por um canibal.

Henri Haiti era o guia da região, e ficou responsável de mostrar para Stefan uma tradição popular do local. No entanto, ele retornou sozinho para o lugar combinado. E, quando Heike perguntou sobre o namorado, foi atacada pelo guia. Porém, a mulher conseguiu se libertar e acionou autoridades locais, que acabaram descobrindo a trágica história por de trás do desaparecimento do turista.

8 - O YouTuber que matou um casal

Um jovem de 19 anos foi preso após matar o casal John Stevens, 59 anos, e sua esposa Michelle Mischon, de 53. Austin Harrouff foi encontrado por policiais despedaçando com os dentes o rosto de um homem depois de ter matado a companheira a facadas e ferido um vizinho. Vários agentes, cães e arma de eletrochoque foram utilizados para deter o jovem, que tem um canal no YouTube, onde ele publicava tutoriais e karaoke.

Que histórias mais macabras. Deixe a sua opinião sobre o assunto logo abaixo nos comentários.

Géssica Veloso
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.