7 filmes do cinema francês que você deve assistir ainda hoje

14/07/17 às 14h23

Para nós, seriadores, descobrir coisas novas é sempre um prazer imenso, não é mesmo? Ainda mais quando se trata de uma produção ou história que foge daquilo que estamos acostumados a ver, podendo então causar um grande impacto em nós e, mais do que isso, nos surpreender de forma que nem mesmo conseguimos explicar. Anualmente somos apresentados à várias grandes produções e a maioria delas vem de Hollywood, o berço do universo cinematográfico. A redação do Entre Séries e Sagas é a prova de que queremos expandir o nosso conhecimento e nos banhar de todas as experiências desse meio.

E foi pensando nisso, a partir dessa afirmação que já trouxemos uma matéria listando as melhores produções asiáticas, no formato de série para cada um de nossos leitores. Dessa vez partiremos para outro continente e vamos falar sobre os filmes do cenário francês. Aproveitando esse período de férias, vocês podem fazer ótimas maratonas e vir nos contar aqui o que acharam de cada um. Sem mais delongas, confiram com a gente essas dicas riquíssimas para cada um de nossos leitores.

1- Amar... Não Tem Preço

"Jean (Gad Elmaleh) é um jovem e tímido atendente de bar, que é confundido com um milionário pela bela Irène (Audrey Tautou), uma jovem oportunista. Quando ela descobre a verdade o abandona, mas Jean, apaixonado, não pretende deixá-la escapar."

2- A Gaiola Dourada

"Maria e José Ribeiro são um casal de imigrantes portugueses na França, morando em um bairro nobre de Paris. Há mais de trinta anos ela trabalha como síndica, e ele como zelador, sendo respeitados e admirados pelos moradores do local. Um dia, no entanto, uma herança inesperada proporciona aos dois a oportunidade de sair da pequena casa onde moram e voltar a Portugal, onde levariam uma vida luxuosa. Mas os habitantes do prédio não estão prontos a abandonar os preciosos serviços de Maria e José, e vão usar todas as armas necessárias para mantê-los no local. "

3- Piaf: Um Hino ao Amor

"A vida de Edith Piaf (Marion Cottilard) foi sempre uma batalha. Abandonada pela mãe, foi criada pela avó, dona de um bordel na Normandia. Dos 3 aos 7 anos de idade fica cega, recuperando-se milagrosamente. Mais tarde vive com o pai alcoólatra, a quem abandona aos 15 anos para cantar nas ruas de Paris. Em 1935 é descoberta por um dono de boate e neste mesmo ano grava seu primeiro disco. A vida sofrida é coroada com o sucesso internacional. Fama, dinheiro, amizades, mas também a constante vigilância da opinião pública."

4- Amor

"Georges (Jean-Louis Trintignant) e Anne (Emmanuelle Riva) são um casal de aposentados apaixonados por música. Eles têm uma filha musicista que vive em outro país. Certo dia Anne sofre um derrame e fica com um lado do corpo paralisado. O casal de idosos passa por graves obstáculos que colocarão o seu amor em teste."

5- Intocáveis

"Philippe (François Cluzet) é um aristocrata rico que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente, ele decide contratar Driss (Omar Sy), um jovem problemático que não tem a menor experiência em cuidar de pessoas no seu estado. Aos poucos ele aprende a função, apesar das diversas gafes que comete. Philippe, por sua vez, se afeiçoa cada vez mais a Driss por ele não tratá-lo como um pobre coitado. Aos poucos a amizade entre eles se estabelece, com cada um conhecendo melhor o mundo do outro."

6- O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

"Após deixar a vida de subúrbio que levava com a família, a inocente Amélie (Audrey Tautou) muda-se para o bairro parisiense de Montmartre, onde começa a trabalhar como garçonete. Certo dia encontra uma caixa escondida no banheiro de sua casa e, pensando que pertencesse ao antigo morador, decide procurá-lo ­ e é assim que encontra Dominique (Maurice Bénichou). Ao ver que ele chora de alegria ao reaver o seu objeto, a moça fica impressionada e adquire uma nova visão do mundo. Então, a partir de pequenos gestos, ela passa a ajudar as pessoas que a rodeiam, vendo nisto um novo sentido para sua existência. Contudo, ainda sente falta de um grande amor."

7- A Voz do Coração

"Pierre Morhange (Jacques Perrin) é um famoso maestro que retorna à sua cidade-natal ao saber do falecimento de sua mãe. Lá ele encontra um diário mantido por seu antigo professor de música, Clémente Mathieu (Gérard Jugnot), através do qual passa a relembrar sua própria infância. Mais exatamente a década de 40, quando passou a participar de um coro organizado pelo professor, que terminou por revelar seus dotes musicais."

E aí, você já viu algum desses filmes? Tem algum outro que você conheça e nós não listamos? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que esse feedback é muito importante e nos ajudam a crescer cada dia mais.

Via   Adorocinema     Incrível Club  
Diogo Quiareli
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.