7 coisas que você não sabia sobre o MS-13, a gangue mais perigosa do mundo

20/04/17 às 12h51

Não estamos falando de PCC e nem do Comando Vermelho, mas sim da Mara Salvatrucha, mais conhecida como MS-13. Essa é uma gangue formada principalmente por salvadorenhos que atuam nos Estados Unidos e na América Central, mas que ainda existem indícios que existem ramificações também no Canadá e na Espanha. Além de combates com a polícia, a MS-13 também tem rivalidades com outras gangues. Seus membros sempre se identificam com o sinal MS, que fazem com as mãos, e pelas tatuagens espalhadas pelo corpo, sempre com a marca "MS-13". Já leu a nossa matéria com os 10 mandamentos da máfia italiana?

Como toda gangue, eles tem seus rituais para se tornar membro, regras, e tudo mais que uma organização criminosa tem. Tendo isso em mente, nós resolvemos trazer para os nossos leitores algumas coisas que pouca gente aqui do Brasil conhece. Então, caros leitores, confiram agora a nossa matéria com as 7 coisas que você não sabia sobre o MS-13:

 1 - A gangue se formou para se proteger de outras gangues

A MS-13 começou quando um grupo de imigrantes de El Salvador foi para os EUA ainda na década de 80, por causa da guerra civil que estava acontecendo lá. Muitos foram para Los Angeles, muito diferente do cenário que eles viviam, cheio de violência, e talvez por isso eles não ficaram tão assutados assim assim com os guetos dos EUA. Na época, existiam muitas gangues mexicanas que não recebiam seus conterrâneos tão bem assim, e por isso eles tiveram que fazer sua própria "resistência". "Mara" significa gangue e Salva significa que eles vieram de El Salvador, e "Trucha" significa inteligente. Eles basicamente começaram sua própria gangue e depois de pouco tempo, Los Angeles inteira sabia quem eles eram.

2 - Existem 50 mil membros da gangue espalhados em 42 estados dos EUA

Aqui no Brasil provavelmente nós nunca encontraremos um membro da MS-13, mas nos EUA é algo muito fácil. O FBI diz que a gangue tem cerca de 50 mil membros em todo o mundo e em 42 estados dos EUA. Isso daria facilmente a população de uma cidade do interior, ou simplesmente um estádio de futebol lotado.

3 - Eles fizeram de El Salvador a capital mundial do assassinato

A violência da MS-13 é algo realmente assustador, eles matam com frieza, tanto que as manchetes que saem dos seus assassinatos deixam as pessoas chocadas. Porém, em El Salvador existe uma gangue tão má quanto a MS-13, chamada Barrio 18, e essas duas gangues fizeram El Salvador se tornar a capital mundial do assassinato. Se algumas pessoas acham que os EUA é violento, é porque eles não viram a taxa de homicídios de El Salvador, que é 22 vezes maior do que a dos EUA.

4 - O ritual de inicialização é brutal

Tomara que isso não aconteça, mas se um dia você quiser fazer parte dessa gangue, a primeira coisa a se fazer é assassinar um membro da gangue rival. Mesmo depois de fazer isso, os membros ainda tem que fazer uma votação para decidir se você está ou não autorizado a entrar para a gangue. Então, se eles decidirem que você pode entrar, todos eles batem em você enquanto uma pessoa conta lentamente até 13.

5 - Quando um membro da gangue foi deportado, eles se tornaram internacionais

Por incrível que pareça, a gangue se espalhou em grande parte do mundo porque muitos membros foram deportados. Depois de cometerem tantos crimes dos EUA, o governo decidiu enviá-los para seus países de origem. Eles deportaram cerca de 20.000 membros, e naturalmente, quando voltaram para seus países de origem, eles ficaram juntos e continuaram as atividades da gangue. Isso faz sentido porque ao voltar para casa, eles precisa de proteção, e por isso sempre ficam juntos.

6 - A rivalidade com outra gangue resulta em 16 mortes por dia

Como mencionamos na matéria, a gangue rival dos MS-13 são os Barrio 18, em El Salvador. Em uma certa época, muitos confrontos estavam acontecendo, e as duas gangues chegaram em um acordo de fazer uma trégua. Mas isso não durou muito tempo, e em um certo mês de muitos confrontos, chegou a morrer 16 pessoas por dia. Agora façam as contas e calculem quantas pessoas morreram nesse mês.

7 - Muitos membros são violentos porque foram treinados na guerra

Muitos membros participaram da guerra civil em El Salvador antes de irem para os EUA. Isso em parte tornou o nível de violência desses homens algo assustador. Eles tinham vistos coisas muito piores do que estavam vendo nos EUA, e para eles, matar alguém não era algo tão fora do comum. Enquanto as gangues de Los Angeles estavam se espalhando e agindo de forma "dura", os membros da MS-13 já estavam acostumados a matar pessoas em um piscar de olhos. Não é de se impressionar que eles logo se tornaram uma das gangues mais assustadoras do mundo.

E aí, já conheciam a gangue MS-13? Sabe de mais algum fato que podemos acrescentar na matéria? Comentem!

Mateus Graff
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.