7 cidades fantasma brasileiras que você ainda não conhecia

03/08/17 às 16h34

Certamente você já ouviu falar de cidades fantasma espalhadas pelo mundo. É um tema que sempre desperta a curiosidade de muita gente. Saber quais foram os motivos que levaram todos, ou pelo menos boa parte dos habitantes de um local a sair dali... No mínimo, deve ter sido algo bastante estranho, não é mesmo? Bom, talvez sim, talvez não...

A questão é que não precisamos ir muito longe para encontrar cidades do tipo. No Brasil mesmo podemos encontrar muitas delas! Pensando nisso, separamos abaixo 7 cidades que podem ser consideradas fantasma, e que estão mesmo em nosso país. Muitas delas funcionam como ponto turístico! Confere aí!

1 - Airão Velho - AM

Bom, Airão é (ou foi) uma cidade do Amazonas, localizada próxima ao Rio Negro. Existe uma lenda que cercou a cidade por muito tempo, e que motivou seu abandono. Diziam que no lugar existiam formigas de fogo que estavam comendo os moradores da região. Bom, tudo não passou de uma história inventada, claro, assim como muitas outras fantasias por aí.

Airão teve seu desenvolvimento a partir da exploração do látex, e viveu bons momentos no período da Segunda Guerra. Forneceu borracha para os Aliados, porém, com o fim da guerra, seu principal comprador que era a Inglaterra, deixou de comprar e a cidade acabou falindo, fazendo com que a maioria de seus moradores se mudassem para Manaus.

Airão não possui nenhum morador desde 1985, tornando-se uma cidade fantasma, e no ano de 2005 foi tombada como um de nossos patrimônios nacionais e vive sob proteção.

2 - Fordlânia - PA

A cidade localizada no Pará, foi uma falha tentativa de Henry Ford (sim, o fundador da Ford) em transformar o local em uma grande fazenda para a produção de borracha. A pedido dele, casas e galpões foram levados até o local. As seringueiras que foram plantadas, acabaram sendo infestadas de pragas e não resistiram, sem contar que o terreno era totalmente infértil.

Também existem histórias de desentendimentos entre os funcionários e gerentes do lugar, pois a diferença cultural obviamente, implicou também na forma de executar e comandar o trabalho. Alguns gerentes chegaram a fugir para florestas, e acreditem, até o Exército Brasileiro precisou tomar uma atitude para manter paz no local.

Atualmente, são pouquíssimas as pessoas que moram na cidade, e ainda preservam a estrutura deixada no local. Existem ainda algumas lendas que cercam a floresta.

3 - Igatu - BA

Igatu viveu uma fase bastante próspera, e conseguiu desenvolvimento a partir da extração de diamantes e outras pedras preciosas do local. Haviam muitas casas, um hospital, hotéis, e até mesmo um cassino para divertir a população, que chegava na margem dos 10 mil.

Acontece que no início do século 20, a extração de diamantes perdeu a força, e como já era de se esperar, a cidade também. Muitos de seus habitantes se mudaram para cidades vizinhas e estima-se que atualmente, restem pouco mais de 400 na cidade.

De fato, ela nunca ficou abandonada, mas em comparação com o que já foi um dia e sua representatividade, é agora totalmente fantasma. A cidade também foi tombada como patrimônio histórico e cultural do país.

4 - São João Marcos - RJ

São João Marcos era uma cidade potente na produção de café, e ficava situada às margens da principal via de ligação no Brasil Colônia, o que facilitava a vida de diversos nobres que passavam por ali, Dom Pedro, por exemplo. Em 1889, com a instauração da República, a cidade perdeu completamente sua força e a maioria de seus habitantes acabaram se mudando na década de 30, e restaram apenas cerca de 4.500 moradores na época.

No ano de 1938, foi tombada como patrimônio histórico, mas dois anos depois, foi "destombada", pois construíram no lugar uma represa. Mais tarde o lugar foi completamente abandonado, visto que acabou sendo inundado e as casas foram destruídas.

5 - Ararapira - PR

Esta é uma vila que se encontra no litoral norte do Paraná, e foi uma das 21 vilas fundadas pela coroa portuguesa e uma das primeiras a ser habitada no país. Em anos próximos à sua fundação, era um lugar próspero e em grande desenvolvimento, servindo como entreposto comercial.

Em 1952 Ararapira começou a entrar em decadência, visto que foi construído o Canal do Varadouro e tomou todo o fluxo de embarcações que passavam pelo local. Quando começaram a ser construídas vias no interior do país, a vila entrou em completa decadência.

Mais tarde, foi transformado em Parque Nacional, e em 1999, foi tombado como Patrimônio Natural da Humanidade. Ainda existem algumas construções por lá, mas estão em ruínas. O cemitério é que ainda funciona, e algumas pessoas costumam fazer visitas.

6 - Biribiri - MG

A cidade que fica no estado de Minas Gerais, foi utilizada para construir uma indústria têxtil para ajudar moças com sua renda. Ainda foram construídas algumas casas, no ano de 1876, para dar abrigo aos funcionários da indústria. Acontece que o lugar e a indústria foram perdendo força, e até pouco tempo, apenas 5 pessoas moravam no local. Uma verdadeira cidade fantasma que vem passando atualmente por algumas reformas, para abrigar novos moradores.

7 - Ouro Fino - GO

A cidade localizada no estado de Goiás foi fundada no ano de 1727, e ficava próxima à cidade de Goiás, se mostrando muito importante na época, na busca pelo ouro. Mais tarde foi alçada como distrito e teve seu nome trocado, mas o fato é que atualmente, pouca coisa ainda permanece de pé. Existem alguns muros da antiga igreja, e uma das tumbas de seu cemitério. Uma perfeita cidade fantasma!

E então pessoal, o que acharam? Conhecem alguma outra cidade que não entrou em nossa lista? Compartilha aí com a gente pelos comentários!

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.