5 momentos brutais de Attack on Titan que você preferiria não ter visto

19/04/17 às 18h48

Se em algum momento você já se questionou se o mangá/anime Attack on Titan foi longe demais, acredite, você não está sozinho. Toda a obra é muito bem elogiada, tanto por parte da crítica quanto do público, no entanto, algumas situações na história são bastante sanguinárias.

A série trabalha com o horror e o choque de maneiras variadas, mas nenhum se compara com as representações de mortes mostradas. A obra é conhecida por esquartejar personagens sem o menor pudor e não ter preferências entre os que morrerão, ou seja, o ideal é não se apegar a nenhum deles. Dito isto, separamos aqui algumas mortes que além de brutais, chegam - em alguns casos - a serem imperdoáveis.

Sequestradores de Mikasa

Nada pode (e nem deveria) preparar uma criança para um impetuoso assassinato de seus pais e seu próprio sequestro e, infelizmente, Mikasa foi forçada a lidar com a situação no qual traficantes de pessoas matam seus pais e seu irmão de forma violenta. Em estado de choque, ela apenas testemunha Eren vir a seu socorro e abater os traficantes. Ao voltar a si, a única reação que ela tem é a de gritar, correr e atravessar uma lâmina no coração de um dos homens.

Marco Bott

Ao optar por não mostrar a morte de Marco Bott, o anime mostrou um pouco de compaixão para com seus espectadores, mas claro, ela acaba ai mesmo. Isso porque ter personagens tropeçando nos corpos de soldados mortos em batalha não é nada agradável de se ver, principalmente quando Jean encontra o cadáver de seu melhor amigo estendido no chão. Sem mencionar a forma na qual o corpo é encontrado por ela.

Esquadrão Levi

Para o capitão Levi, o esquadrão era sua família, na verdade, a própria equipe agiam como tal. Petra, Gunther, Eld e Oluo eram ótimos soldados, mas discutiam como irmãos. Por isso, quando chegou a hora do grupo escapar da Titã Fêmea, muitos fãs ficaram boquiabertos como, quase que casualmente, a família foi destruída. Guther morreu primeiro, antes de Eld ser devorado no ar. Petra estava quase evaporando quando foi jogada em uma árvore e Oluo foi o último a falecer.

Mike Zacharius

A única morte da lista que faz parte da segunda temporada, o falecimento de Mike Zacharius é um dos momentos mais desconcertantes do anima até agora. A morte ocorreu no episódio de estreia da temporada e os fãs assistiram agoniados a invasão de monstros em Wall Rose e o sacrifício do personagem em ajudar seus companheiros a escaparem do ataque. A tentativa valeu, mas quando chegou sua vez de fugir, Mike não chegou longe. Seu cavalo foi morto por uma criatura conhecida como Besat Titan, que interroga Mike sobre seu armamento. O Titã então rouba as armas do soldado e ordena outros a comerem Mike vivo.

Carla Yeager

Talvez nenhuma morte no anime supere o valor emocional como a de Carla Yeager. No primeiro episódio da série, o espectador ficou sem saber se admirava a obra ou sentia raiva pela história levar Titãs à Wall Maria. Quando Eren chega em casa, encontra a mãe esmagada pelos escombros do lugar e um Titã bem sorridente do lado. Ele é forçado a sair e se esconder, contudo, presencia a mãe ser maltratada pelo monstro e, quando ele devora metade de Carla, podemos ver exatamente o momento em que Eren perde a vontade de viver.

Concorda com a lista? Esses momentos também te chocaram? Qual outra situação brutal poderia ser acrescentada na lista? Compartilhe sua opinião conosco.

Via   Comicbook  
Gabi Noronha
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.