10 espécies que surgiram há mais de 100 milhões de anos e ainda existem

05/06/17 às 17h56

Muitos animais marinhos como ouriços do mar, lagostas têm relativamente altas taxas de mortalidade no oceano, pela colheita e pesca. Porém, quando são deixados sozinhos, eles poderiam viver até 100 anos ou mais. Mas ter vida longa ou não, esse não é o nosso assunto hoje, na verdade, vamos falar de tempo, mas dos animais que existem a mais de 100 milhões de anos e ainda não foram extintos.

Já imaginaram um animal que está aqui na Terra a surpreendentes 760 milhões de anos? Acreditem amigos, esses animais existe, e estão aqui há muito mais tempo do que você imagina. Pensando nisso, nós selecionamos os animais mais velhos da Terra que ainda estão vivos, confiram:

1 - Esponja (760 milhões de anos)

Os poríferos, que a maioria das pessoas chamam de esponja, são os animais mais antigos do planeta que ainda estão vivos. Para vocês terem uma ideia, um fóssil antigo com mais de 760 milhões de anos foi encontrado recentemente, e é possível que existam fósseis ainda mais antigos que isso. Os poríferos são animais bastante simples, pelo fato deles não possuírem tecidos verdadeiros, sistema nervoso, órgãos internos e nem músculos.

2 - Tubarão-duende (118 milhões de anos)

Essa espécie de tubarão é uma das mais antigas do mundo e das mais raras. Para vocês terem uma ideia, desde o ano de 1898, apenas 36 animais dessa espécie foram encontrados no mundo. O tubarão-duende é uma espécie que habita nas águas profundas, e por isso raramente é visto com vida. Tem nariz achatado, corpo rosado e flácido e dentes em forma de pregos. Esse tubarão mede de três a quatro metros de comprimento.

3 - Formiga Martialis Heureka (120 milhões de anos)

Dessa lista de animais mais velhos do mundo que ainda existem, essa formiga é o único animal terrestre, todos os outros vivem no mar. Essa formiga é nativa do Brasil e pode ser encontrada na Amazônia. Um detalhe curioso dessa espécie é que essa formiga é cega e predadora. e só foi descoberta no ano de 2008 por ser uma espécie de formiga subterrânea.

4 - Água viva (505 milhões de anos)

Até 2007, os especialistas tinham em mente que as águas vivas estavam na Terra há pelo menos 200 milhões de anos. Porém, no ano de 2007, um novo fóssil foi encontrado e mostrava evidências de que esses animais estão aqui há pelo menos 500 milhões de anos.

5 - Nautilóides (500 milhões de anos)

Os nautilóides são cefalópodes marinhos arcaicos que foram muito abundantes no período Paleozóico. Hoje em dia, existe apenas um gênero vivo, o náutilo, que vive no sudoeste do Oceano Pacífico. São verdadeiros sobreviventes pelo fato de que já passaram por extinções em massa. Mas a extinção desses animais ainda pode acontecer, já que o homem os caça para pegar suas belas conchas.

6 - Limulidae (445 milhões de anos)

Limulidae é uma família de artrópodes da ordem Xiphosura, classe Merostomata, que inclui quatro espécies de caranguejos-ferradura, entre as quais Limulus polyphemus. Esses animais são considerados verdadeiros fósseis vivos, já que eles continuam praticamente iguais a como eram centenas de milhões de anos atrás.

7 - Coelacanthiformes (360 milhões de anos)

A ordem dos Coelacanthiformes que inclui apenas os celacantos, possui três famílias: Coelacanthidae, Mawsoniidae e Latimeridae, cujos membros estão extintos, menos o gênero Latimeria. Na verdade, acreditava-se que essa espécie estava completamente extinta, até que o capitão de um navio quase quase teve uma parte do corpo arrancada por um desses em 1939.

8 - Lampreia (360 milhões de anos)

Lampreia é o nome comum dado a diversas espécies de peixes ciclóstomos de água doce ou anádromos, com forma de enguias, mas sem maxilas. Acredita-se que a Lampreia está na Terra Há incríveis 360 milhões de anos.

9 - Esturjão (200 milhões de anos)

Esturjão é o nome comum usado para designar as espécies de peixes da família Acipenseridae, incluindo os gêneros Acipenser, Huso, Scaphirhynchus e Pseudoscaphirhynchus. Calcula-se que as fêmeas possam produzir até 3 milhões de ovos por temporada, mas mesmo assim, esses animais estão ameaçados de extinção.

10 - Tubarão-cobra (150 milhões de anos)

Esta espécie, que era considerada extinta, tem cerca de dois metros de comprimento e habita águas em profundidades que vão desde 600 a 1000 metros. Apesar da aparência assustadora, essa á a espécie de tubarão mais antiga no mundo que ainda vive. Essa espécie é menos evoluída que os tubarões "modernos".

E aí, já conheciam os animais mais velhos do mundo? Comentem!

Mateus Graff
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
COMPARTILHAR INSCREVA-SE

VER COMENTÁRIOS

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.